é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Caio Alexandre se vê em volta por cima no Bahia após pênalti perdido: ‘aprendizado’

Notícia
Entrevista
Publicada em 18 de junho de 2024 às 12:00 por Victor de Freitas
'Precisavam que eu desse a volta por cima. Foi o que eu fiz', diz o volante
Caio Alexandre
Foto: Rafael Rodrigues / EC Bahia

Caio Alexandre é o segundo jogador mais caro da história do Bahia e até liderou esse ranking por alguns meses. Titular absoluto desde sua chegada ao Esquadrão, o meio-campista conviveu com a perda de um pênalti decisivo contra o CRB, o que para ele foi um momento de decepção.

Foi dele o pênalti perdido que resultou na eliminação tricolor na semifinal da Copa do Nordeste, em plena Arena Fonte Nova. Caio admite ter sofrido com o erro, mas contou com apoio da família e trabalhou seu psicológico para dar a volta por cima.

“Foi um momento que eu fiquei muito triste em casa. Depois do acontecido, de perder o pênalti que iria nos levar para uma final de Copa do Nordeste. É um sentimento de muita tristeza. Eu, minha família, minha noiva, a gente sofreu muito dentro de casa. Mas eu tinha duas escolhas: me lamentar e fazer daquilo ali uma coisa que poderia ser ruim para o meu ano, ou levantar e dar a volta por cima”.

Para o meio-campista, companheiro de Jean Lucas, Everton Ribeiro e Cauly no meio-campo, ele conseguiu superar o erro com trabalho e, agora, vê como um aprendizado.

“Saber que eu tenho feito bom trabalho, tenho jogado todos os jogos pelo Bahia, tenho demonstrado um bom serviço ajudando minha equipe. Então eu sentia que todos precisavam de mim, precisavam que eu desse a volta por cima. Foi o que eu fiz. Me levantei. São fatos que podem acontecer no futebol, a gente não quer perder o pênalti, sempre quer ajudar. Levantei, olhei para frente. Me sinto mais maduro, mais forte. Serviu de aprendizado, de motivação, para que continue performando. E a ajuda dos meus companheiros foi muito importante. Agora é seguir”, disse o volante tricolor.

Caio Alexandre - 3
Foto: Letícia Martins / EC Bahia

Caio Alexandre fala em nova lição contra o Criciúma

No primeiro gol do Criciúma, o lateral Marcelo Hermes surpreendeu ao cobrar uma falta rasteira. Para Caio Alexandre, o erro foi seu por não ter deitado atrás da barreira – prática comum para justamente evitar cobranças desse tipo.

“Eu pensei que se deitasse e alguém passasse não teria tempo de reagir. Sei lá, a bola bater embaixo do braço. Pensei em ficar ajoelhado para reagir o mais rápido possível. Reconheço que tenho que deitar para uma próxima vez e tentar ajudar a não tomar gol. Peço perdão, poderia ter feito algo melhor”.

Caio Alexandre tem 33 jogos disputados pelo Bahia em 2024, tendo atuado em todas as nove rodadas iniciais do Brasileirão. Ao todo, ele tem três gols e quatro assistências no ano.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras