é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 07 de setembro de 2021 às 16h29

Capixaba destaca intensidade pedida por Dabove como diferencial

Lateral fala sobre início de trabalho com o técnico argentino

Victor de Freitas

capixaba6
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Diego Dabove chegou ao Bahia com a promessa de colocar em campo um time intenso, brigador e com personalidade. Após duas semanas à frente do comando técnico da equipe tricolor, a intensidade exigida já vem sendo entendida pelos jogadores.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (07), o lateral-esquerdo Juninho Capixaba destacou o estilo de trabalho intenso do treinador argentino como principal diferencial em relação às novas orientações que vêm sendo passadas.

“A intensidade. Treinador que gosta muito de ser intenso, o tempo todo. Já vinha sendo intenso no trabalho do Dado, mas ainda mais agora. Acredito que a gente tem crescido. Eu tenho buscado os detalhes do que ele vem passando para crescer ainda mais”, falou o lateral-esquerdo.

Em sua chegada ao clube, Dabove rapidamente mudou a rotina de treinos do clube. Antes, a maioria das atividades aconteciam no fim da tarde. Agora, ocorrem durante a manhã.

“É uma rotina diferente, um trabalho diferente, comportamentos diferentes. Os pedidos são diferentes. A gente tem se adaptado o mais rápido possível para entender o que o professor quer passar para nós para que isso venha acarretar dentro de campo para que a gente consiga bons resultados”, comentou Capixaba.

Parceria com Mugni no lado esquerdo

“Tenho me comportado bem, me entendido bastante com Mugni. É um jogador muito aguerrido. Acredito que é o espírito que o Bahia tem. A gente acaba se unindo, conversando bastante, buscando aquilo que o outro jogador se sente mais à vontade. Creio que a gente tem feito uma dobradinha muito boa, creio que a gente vai crescer ainda mais para ajudar a equipe”.

Minimizar erros para vencer mais jogos

“Detalhes. A gente precisa minimizar esses pequenos que tem ocasionados os gols, que acabam atrapalhando a gente nos jogos. Minimizar esses erros e acredito que a sequências virão”.

Subida de rendimento

“Acredito que meu, particularmente, sim. Vinha sendo muito criticado, o que é normal, acredito que tenho que render aquilo que é esperado. Vim para cá para jogar, para ajudar a equipe, não para simplesmente ser um peso para o clube. Me recuperei, acredito que mentalmente e fisicamente, tenho me preparado muito bem. Corrigi os erros que estava tendo. Para o grupo também, de suma importância voltar a vencer para dar sequência no campeonato”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.