é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Ceni aprova atuação do Bahia apesar da derrota: ‘fizemos uma ótima partida’

Notícia
Entrevista
Publicada em 4 de novembro de 2023 às 22:59 por Victor de Freitas

ceni31
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia perdeu por 1 a 0 para o Grêmio na noite deste sábado (4) e estacionou nos 37 pontos, aguardando o decorrer da rodada para conhecer sua colocação após os jogos do final de semana.

A derrota pelo placar mínimo acontece em um jogo no qual o Bahia finalizou o dobro em relação ao adversário, mesmo fora de casa, mas viu a equipe mandante ser eficiente ao colocar a bola no fundo das redes.

Mas, antes de a bola rolar, o que chamou a atenção da torcida foi a escalação sem Biel e com Acevedo. O técnico Rogério Ceni explicou que a tentativa inicial foi de escalar a equipe com uma linha de três zagueiros, tendo Rezende na linha de defesa.

“O Vitor Hugo se sentiu mal hoje o médico relatou que ele não teria condições de participar da partida. Nós já tínhamos um plano de jogo feito e demos continuidade com o David Duarte na sobra, no meio de três defensores, que era a maneira como a gente imaginava que o Grêmio vinha, assim como também eram as trocas previstas no intervalo do jogo que ele faria”.

Apesar do placar negativo, Ceni sai da partida feliz com a produção ofensiva do Bahia, que, ao seu ver, controlou o jogo na arena gremista.

“Sobre a formação nós achamos que essa era a melhor formação pra enfrentar o Grêmio. Usando praticamente todos os jogadores. E eu acho que foi acertada a escolha, o sistema foi acertado. E nós produzimos bastante. Foi, pra mim, o melhor jogo dos dez jogos que eu vi esse time jogar, construir, fora de casa, sem pressão, jogou controlando o jogo.

Assim como Everaldo falou na saída do gramado, o treinador tricolor foi mais um a afirmar que o resultado não condiz com o que foi apresentado pelas equipes em campo.

No primeiro tempo faltou um pouco de acreditar mais que era possível vencer e no segundo tempo nós acreditamos, mas falhamos. O árbitro falhou primeiro, mas este já estava incluso, que nós já tínhamos explicado como ia ser e nós na falha dele não reagimos bem ao lance que originou o gol, mas no geral foi uma boa partida do time, acho que o resultado realmente não condiz com o que de maneira geral com como prosseguiu o jogo”.

Mudanças táticas do Bahia

Além da alteração no time inicial, Ceni também detalhou sua estratégia tática pensando no adversário e como tentou mudar o panorama dentro do jogo.

“O Biel hoje no banco, com o Acevedo, era para dar mesmo essa consistência, explorar essas falhas do Grêmio, principalmente no setor de meio e tendo em vista isso, o objetivo foi alcançado, só não veio o resultado. Mas o resultado é bastante do jogo, né?! Ele diz muito. Nós já fizemos jogos abaixo, mas conseguimos vencer. Hoje nós fizemos um jogo acima e não levamos o resultado. Mas nós conseguimos envolver, acho que o Grêmio, mesmo na troca do segundo tempo, tirando um zagueiro, primeiro nós arriscamos achando que o Grêmio vinha com os três zagueiros. E depois eu imaginei também pelo primeiro tempo ter sido tão dominante da gente eu achei que ele tiraria um dos zagueiros e foi o que o fez nós só baixamos o Cauly um pouquinho pra pegar o volante pra ter uma igualdade no meio-campo”.

O que faltou para ganhar o jogo?

E eu acho que a gente teve uma grande oportunidade de sair daqui vitorioso. Eu acho que nós temos que dar… eles têm que acreditar cada vez mais neles dentro de um jogo. Às vezes a gente sai para jogar e porque é um time tão tradicional quanto o Bahia ou um time como tem um jogador como o Soares, como você falou de prestígio e a gente deixa às vezes em alguns momentos de acreditar que é possível e hoje era completamente possível. Eu escolhi hoje a melhor formação que eu tinha porque eu via que era completamente possível vencer o jogo de hoje. Eu acho que os números dizem o que eu estou falando. Nós cometemos um pequeno deslize, mas como conjunto, como jogo, eu não posso negar aqui que nós fizemos uma ótima partida. Agora o resultado não vem, aí fica só na estatística, o grande jogo e não mexe na tabela de classificação que pra nós era importante no dia de hoje.

Suárez no futebol brasileiro

“Eu acho que ele é um jogador especial, sem dúvida nenhuma. É um jogador que tem liderança dentro do campo. Normalmente quando ele grita o juiz presta atenção, o hábito presta atenção nas cobranças. E faz parte do jogo, né, essa liderança. E é um jogador diferenciado, um jogador extra-classe mundial. Eu acho que feliz o Grêmio que pode ter um jogador como esse, os torcedores que podem ver um jogador ainda desse nível atuar. Fez o gol, que foi decisivo, mas a origem do gol primeiro é completamente errada, não foi falta. O que não estava preparado é a gente baixar a cabeça e não prestar um pouquinho mais atenção no lance e nos deslocamentos. Ele faz o gol, mas para quem pode assistir, sem dúvida, é um privilégio, é um jogador diferente”.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras