é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 07 de dezembro de 2023 às 07h42

Ceni exalta poder de reação e frieza do time para decidir na última rodada

'Conseguimos reagir e fazer uma vitória contra a melhor equipe do segundo turno', comemora o técnico

Victor de Freitas

ceni33
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após derrotas para São Paulo e América Mineiro, até o mais otimista torcedor tricolor estava preocupado para a última rodada. O técnico Rogério Ceni também admitiu ter ficado ‘cabisbaixo’ com os resultados recentes, mas a equipe conseguiu superar, dentro de campo, o seu maior desafio do ano.

O Bahia não só venceu, como também goleou o Atlético Mineiro por 4 a 1, contando com a derrota do rebaixado Santos.

Após a permanência na elite, o técnico tricolor falou sobre o sentimento de alívio por não cair para a segunda divisão.

“Eu? Muito (aliviado). Quando me chamaram eu tinha 16 jogos. Olhei a tabela, vi o elenco, e fiz as contas que dava para chegar nos 43 pontos. Nas minhas contas, contra São Paulo e América seriam quatro pontos. Ficou então tudo para o último dia. Eu estava bem cabisbaixo. Até os atletas falaram comigo. Eu também sou humano. É natural depois de uma derrota. Mas conseguimos reagir e fazer uma vitória contra a melhor equipe do segundo turno”.

Apesar do triunfo e da manutenção na primeira divisão, Ceni fala sobre não esquecer os erros e acertos antes de pensar em 2024, além de exaltar a importância da torcida.

“Não vamos esquecer do que erramos, que é importante, mas vamos valorizar os acertos. Quero falar do público também. Hoje não batemos 30 mil, né?! Foram 27, mas com uma energia incrível. Em nenhum momento houve uma vaia. Foram caras que vieram o jogo, parecia que tinha 45 mil. Mantiveram o Bahia lá no topo. Foram parte muito grande em todos os jogos”.

“Não acho que a gente fez um jogo ruim contra o América. Criamos 12 oportunidades. A gente recebe um relatório de Manchester depois de todos os jogos. Aquele foi o jogo com mais chances criadas em todo o Campeonato. Acho que a derrota para o São Paulo nos pressionou muito. Todos ficaram muito abatidos. Hoje fizemos um bom jogo, tivemos frieza e calma. E também a competência do Fortaleza que nos ajudou a terminar fora da zona de rebaixamento”.

Planos para 2024

“Ano que vem vamos ter um pouco mais de tempo, aí vamos tentar construir coisas diferentes. Falei que ia simplificar. Eu adoro, joguei nessa posição, gosto de construir com passes curtos, mas é preciso estar com confiança para isso. Vamos ter tempo para fazer uma pré-temporada, gastar um ou dois jogos do Baiano com um time sub-20 se for necessário. O único objetivo é focar no Brasileiro do ano que vem. A Copa do Brasil é legal, traz emoção, valor financeiro, mas só um ganha. No Brasileiro você tem um campeão, times na Libertadores, times felizes pela pré-Libertadores, e uma competição internacional muito legal que a Sul-Americana, que esse não conseguimos. Na próxima temporada vamos buscar essa vaga. Nos próximos dias vamos conversar sobre planejamento para tentar não cometer os mesmos erros e ter um time competitivo, com jogadores mais pontuais”.

O que dizer para a torcida sobre 2024

“Que a gente não faça eles passarem por esse aperto outra vez. Que a gente encontro fórmulas para que eles tenham mais alegrias, comemorem mais triunfos. Não é difícil só para eles. Para mim também. Tem muita gente que espera o fracasso para bater em você. Já que não veio, vamos nos preparar melhor para ano que vem”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras