é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Ceni vê atuação da arbitragem como determinante para derrota do Bahia

Notícia
Entrevista
Publicada em 30 de setembro de 2023 às 22:56 por Victor de Freitas

ceni11
Fonte: Divulgação / EC Bahia

A derrota do Bahia para o Flamengo, neste sábado (30), foi marcada por uma arbitragem polêmica com três análises no VAR.

Dentre as idas do árbitro Sávio Pereira Sampaio ao vídeo, uma delas gerou a expulsão do zagueiro Kanu com apenas quatro minutos do segundo tempo.

Em entrevista pós-jogo, o técnico Rogério Ceni fez suas ponderações sobre os lances, citando a expulsão como determinante para a derrota tricolor.

“Eu não gosto muito de falar sobre arbitragem em entrevistas pós-jogo. Acho que isso é uma parte para o clube analisar. Em relação ao lance da expulsão, acho que é claro que é uma jogada de dentro para fora, ele não está indo em direção ao gol. O árbitro analisa certo, depois o VAR interfere. Foi o lance principal do jogo, nos deixa com um jogador a menos e mais longe do gol”.

Já quanto à penalidade marcada a favor do time flamenguista, ele destaca ter visto um ‘toque sutil’ e finaliza o assunto afirmando que a arbitragem teve interferência direta no placar.

“O pênalti foi muito interpretativo. Eu vejo um toque muito sutil, mas não vou entrar nessa discussão. O da expulsão é um lance claro de um jogador que vai para fora e não para a direção do gol. Acho que o árbitro, o conjunto VAR e árbitro, interfere direto no resultado“.

Questionado sobre um suposto favorecimento para o Vasco no campeonato, Ceni descartou falar sobre esse tema.

“Eu não entro nesse tipo de questão. Não é minha área para falar sobre isso”.

O treinador ainda avaliou o desempenho da sua equipe ao longo dos 90 minutos, demonstrando ter ficado satisfeito com o que viu.

“Dentro do jogo nós fomos muito bem, o Flamengo teve um jogador a mais e não criou quase nada. Se não tem a expulsão, acho que não fariam gol hoje. Até no 11 x 10, se acabasse empatado o jogo não seria nenhuma surpresa. Acredito que executamos o que trabalhamos, compactamos mais o time para sofrer menos gols. Uma pena que teve essa penalidade e uma expulsão que prejudicou o jogo. Com relação a esse negócio de esquema (de favorecimento a outros times), não tenho nada para falar, nada para afirmar sobre isso”.

O próximo jogo do Bahia será contra o Goiás, fora de casa, no sábado (7).

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras