é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 31 de janeiro de 2024 às 22h10

Ceni vê Bahia ainda longe do ideal, analisa triunfo e próximo jogo do ano

Treinador disse o que espera da partida contra o Sport

Victor de Freitas

ceni50
Fonte: Tiago Caldas / EC Bahia

O Bahia venceu o Barcelona de Ilhéus na quinta rodada do Baianão e chegou aos dez pontos na competição. Após o terceiro triunfo seguido, o técnico Rogério Ceni falou com a imprensa sobre o desempenho da sua equipe e o que projeta para a próxima partida do ano.

Depois de três triunfos em que o Bahia adotou uma postura ofensiva ao longo dos 90 minutos, Ceni afirma que ainda vê o time longe do que enxerga como ideal para a temporada. No entanto, acredita que o grupo seguirá evoluindo com o passar do tempo.

“Estamos bem longe do que imaginamos para o futuro, mas não temos tanto tempo e precisamos evoluir dentro do que pretendemos jogar, ou teremos que fazer ajustes. Mas também é compreensível porque tivemos duas semanas de pré-temporada e em uma semana essa é a terceira vez que jogamos, mesmo trocando jogadores. É a forma que temos para evitar lesões e que todo mundo consiga melhorar fisicamente a cada semana. Temos acompanhamento”.

Para o treinador tricolor, a partida desta quarta-feira foi o maior teste do Bahia, até então, no Campeonato Baiano

“Hoje foi um bom teste, disparadamente o jogo mais difícil que tivemos. Uma equipe com bom nível, que armou bem o time para jogar. Nós conseguimos criar bastante, mas também foi a equipe que mais nos agrediu. Foi o jogo que precisamos mais nos desgastar fisicamente para vencer. Cada jogo é um teste e o que importa é estar preparado para levar a sério e ganhar cada jogo”.

Jogo contra o Sport

Após cinco rodadas no Baianão, o Tricolor enfrentará o Sport no domingo, pela Copa do Nordeste, em um clássico regional. Ceni falou sobre o que espera do confronto.

“É um clássico extremamente tradicional, em nossa casa, e não podemos tirar o fato de que temos que ser protagonistas do jogo. Temos que tentar ter o controle do jogo, como tivemos nos primeiros jogos, mesmo sabendo que é um adversário muito mais tradicional. Mas é um pouco do sistema de jogo, que requer repetições, treinamentos e ajustes. Eles estão se esforçando bastante, mas às vezes alguém pode esquecer de fazer um movimento. E se alguém falhar na marcação, pode estourar lá atrás. É preciso ter um timing exato do que se quer”.

Copa do Nordeste

“Não podemos de forma alguma ficar na primeira fase. Seria uma vergonha ficar fora na primeira fase. E nós vamos competir com os oito times da outra chave, que na maioria são equipes que já foram campeãs da competição. Eu acho que é natural que a gente hoje esteja feliz e receba elogios, mas as críticas virão no futuro. Quando mais alto você leva, maior será o tombo e é natural que aconteça. Nos colocam como se fossemos... Eu vou jogar para ganhar, não importa contra quem. Hoje foi um jogo difícil. No domingo é um clássico, entre duas equipes de tradição. Um jogo complicado. É um jogo duríssimo”.

Ataques pelo lado direito

“O primeiro jogo não pudemos ter equilíbrio, pois usamos um zagueiro na lateral-esquerda. No segundo jogo já tivemos mais equilíbrio por ter jogador da posição naquele espaço. Hoje tivemos o Everton com o Ademir na direita e o Cauly caiu um pouco demais (para o meio). E o Thaciano saiu do lado dele, que era a cobertura para o Ryan. E o Ryan muitas vezes só tinha ele e o Everaldo. Isso é uma coisa que temos que ajustar e corrigir. No primeiro tempo só criamos pela direita. Temos que ter mais jogadas pela esquerda, um pouco mais de equilíbrio. Mas confesso que o time ficou muito preso (pela direita)”.

Lateral-esquerda

“O Ryan é um garoto, que precisa evoluir, e o Juba é um jogador mais avançado, mas o lateral-esquerdo que vai chegar será no meio do ano. Mas temos que tentar ter ataques que fluam pelo lado esquerdo também. E vamos ter que resolver essa situação”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras