é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 06 de junho de 2021 às 18h08

Chávare comenta trabalho no Bahia e futuro do time de transição

Dirigente fala sobre início no clube

Da Redação

chavare1
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Júnior Chávare foi contratado para o cargo de gerente de futebol do Bahia no início da temporada de 2021. Com passagem recente pelo Atlético Mineiro, o profissional atua diretamente na busca por reforços tanto para a equipe principal, mas também para categorias inferiores.

Em entrevista ao portal ge.globo, Chávare comentou sobre seu início de trabalho no departamento de futebol do Bahia, ao lado do diretor executivo Lucas Drubscky, do coordenador Renê Marques e da Diretoria Executiva – Guilherme Bellintani e Vitor Ferraz.

Principal responsável pela busca de novos talentos para o Bahia, Chávare passou seus primeiros 45 dias morando no CT Evaristo de Macedo, para iniciar seu trabalho no clube da forma como desejava.

O gerente de futebol tricolor detalha que o Bahia, por não ter como competir economicamente, precisa ser ágil e agressivo quando encontrar um alvo no mercado.

“Nós temos que ser ágeis, agressivos, foco. Com certeza, nós não venceremos nossos concorrentes na questão financeira. Poder econômico não é o nosso grande diferencial. Nosso diferencial é estar à frente no mercado e saber bem quem a gente quer. E mais do que tudo, a estrutura e saúde financeira, que no resto do país é encarado como clube modelo”.

Time de transição no segundo semestre

O Bahia vai iniciar a disputa do Campeonato Brasileiro de Aspirantes a partir da próxima semana, contra o Vitória, no dia 10 de junho. No entanto, a equipe de transição está sem técnico desde o fim do Baiano.

Chávare explicou como o clube vê o projeto do time de transição para o segundo semestre e afirmou estar perto do anúncio de um novo treinador para a categoria sub-23.

“O novo treinador ainda não está definido. Tínhamos um leque de entrevistas que estão sendo realizadas. Não começamos entrevista antes de acabar Campeonato Baiano. Estamos avançados com alguns nomes. Estamos em reta final com nomes que exigem mais etapas de entrevista. Nós temos muita tranquilidade, calma. Segundo semestre do transição é processo de plantio”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.