é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 14 de março de 2021 às 18h50

Com novos reforços, Dado espera maior competitividade interna

Técnico confia em aumento na competição por vagas no time titular

Victor de Freitas

dado19
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia tem patinado no início da Copa do Nordeste, ainda sem vencer nenhum jogo com a equipe principal e com apenas um triunfo, após três rodadas, conquistado pela equipe de transição.

Apesar da goleada por 7 a 1 na Copa do Brasil, o desempenho tricolor nos jogos contra Botafogo-PB e Vitória assustou torcedores, que viram atuações sem poder ofensivo.

Além disso, o time principal tricolor saiu atrás do marcador em todas as três partidas que disputou no início de 2021, repetindo os mesmos erros que culminaram em uma campanha de intenta luta contra o rebaixamento até o fim da Série A.

Para o técnico Dado Cavalcanti, o fato de ter um elenco curto em mãos no início das competições de 2021 tem sido fator que limita as possibilidades. Além de causar teoricamente conforto entre os jogadores que permaneceram como titulares de uma temporada para a outra.

Na opinião do treinador, a chegada de novos reforços vai causar maior competitividade interna por posições e, desta forma, melhorando o desempenho do time nos jogos.

“Temos que ter sabedoria nos momentos de adversidades. Tivemos vários momentos ruins no final do ano, tivemos sabedoria, conseguimos dar a volta por cima e no final tudo deu certo. Tenho muita convicção que com reformulação do que vem acontecendo, mudança de característica de grupo, de elenco, sequência de jogos, a gente vai ter um ano muito melhor do que foi ano passado. É tempo, sabedoria, ter tranquilidade para fazer as coisas certas”.

Mudança de característica e aumento da competitividade interna

Fator frequentemente citado por Dado Cavalcanti em sua entrevista após o Ba-Vi, a “característica” do Bahia tende a mudar após os reforços ingressarem na equipe. Essa é a expectativa do time

“Condição de característica. Vou me tornar repetitivo, mas se faz necessário. Busca do equilíbrio, pela característica de nossos jogadores, extrair o máximo que eles têm, sem perder a competitividade, ganhando um pouquinho mais de agressividade”.

Tenho consciência que com a vinda de novos atletas, até porque nosso grupo é muito pequeno, muito enxuto, vai aumentar também a nossa competitividade interna, a condição de característica de outros jogadores para que a gente consiga ter uma temporada boa pela frente”.

Até então, somente o goleiro Júnior, o zagueiro Germán Conti e os volantes Jonas e Pablo Roberto foram anunciados oficialmente como reforços.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.