é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Conhecido por montar times, Rogério vê elenco do Bahia fechado para 2023

Notícia
Entrevista
Publicada em 12 de setembro de 2023 às 20:34 por Victor de Freitas

ceni4
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Rogério Ceni foi apresentado como técnico do Bahia até o final de 2025, em um trabalho que tem como foco inicial o curto prazo, para livrar o time do rebaixamento, mas também no médio e longo prazo.

Durante sua entrevista coletiva de apresentação, o treinador foi perguntado sobre uma suposta exigência de ter autonomia para montar elencos – assim como fez em outros clubes.

“Eu venho aqui para ser o treinador do Bahia, para desenvolver os atletas que já estão aqui, eu e a minha comissão técnica. A parte administrativa, o Grupo que comanda o clube já demonstra todo o seu profissionalismo”.

Rogério, por outro lado, confirmou que futuramente dará opiniões quando for consultado, mas que para 2023 vê o elenco fechado.

É claro que haverá consultas sobre determinados jogadores no futuro. Para esse ano, já é um elenco fechado. Eu gostei da atitude de todos no campo. Eu venho para trabalhar na minha função, como treinador de futebol, e não fiz nenhuma exigência.

Quer receber notícias do Bahia no seu WhatsApp?

Clique aqui e entre no nosso grupo exclusivo para notícias em TEMPO REAL.

A carreira de Rogério Ceni até chegar ao Bahia

Rogério Ceni assumiu o comando do Bahia nesta segunda-feira (11) com um contrato válido até dezembro de 2025. Além de trabalhar a equipe em campo, ele também deverá exercer papel importante junto à diretoria de futebol.

Em sua passagem pelo Bahia, o português Renato Paiva, mesmo com pouco conhecimento sobre o futebol brasileiro, afirmou m mais de uma ocasião que as contratações passavam pelo seu aval, já que trabalhava ao lado de Cadu Santoro.

Rogério Ceni, por sua vez, é um nome consolidado no cenário nacional tanto como atleta, mas também como treinador, já tendo conquistado títulos de nível estadual, regional e até mesmo nacional.

Técnico profissional desde 2017, Ceni adotou um modelo de trabalho que tem como característica dar opiniões para montar os times que irá dirigir.

No Fortaleza, entre 2018 e 2020, ganhou total autonomia e respaldo da diretoria cearense para mexer no elenco – indicando saídas e chegadas de atletas, dentro da realidade financeira do clube na época.

Os resultados? Títulos cearenses, uma Copa do Nordeste e uma Série B, ajudando a consolidar o tricolor do Ceará na primeira divisão.

No FEC, Ceni realizou três pré-temporadas competindo com o elenco que montava.

Já dirigindo o São Paulo, na pré-temporada de 2023 – que começou em dezembro de 2022 – ganhou carta branca para definir 12 saídas de jogadores antes de começar o ano, com sete contratações.

Dentro das escolhas que fez, Ceni aceitou liberar atletas que inclusive haviam sido titulares no ano anterior. O motivo seria o fato de que buscava atletas com maior poder de decisão.

O novo treinador costuma preferir contratar jogadores experimentados, como Wellington Rato, que hoje é titular são-paulino.

No entanto, não deixa de utilizar jovens do elenco. Um exemplo é o zagueiro Beraldo, de 19 anos, que iniciou como titular com Rogério Ceni e segue como pilar defensivo sob o comando de Dorival.

Por outro lado, por ter um perfil de trabalho que busca participar das decisões de mercado, no início das suas passagens por Flamengo e São Paulo chegou a ser criticado por “insistir” em jogadores com quem havia trabalhado no Fortaleza.

Um deles é David, que segue no São Paulo. Outro é Felipe Alves, goleiro que ele chegou a levar para o time tricolor em 2022.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras