é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Contra ex-clube, Ademir cita necessidade de voltar a marcar gols

Notícia
Entrevista
Publicada em 4 de agosto de 2023 às 16:54 por Victor de Freitas

ademir10
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Em meio a uma sequência de um triunfo nos últimos 17 jogos da temporada, incluindo oito partidas seguidas sem vencer, o Bahia vai encarar o América Mineiro neste domingo (6), em um duelo direto entre equipes que lutam contra o rebaixamento.

Provável titular para a rodada do final de semana, o atacante Ademir foi o entrevistado do dia no CT Evaristo de Macedo e falou sobre o reencontro com o clube onde viveu a melhor fase da carreira até então.

Mesmo destacando o carinho pelo clube mineiro, o atacante tricolor ressalta o foco total na conquista do triunfo para encerrar a seca de resultados positivos do Bahia.

“É sempre um prazer, com muito respeito. Um clube que tenho uma gratidão muito grande. Mas hoje estou no Bahia, focado em contribuir da melhor forma possível. Estou muito feliz aqui. Vai ser um grande jogo. Vamos em busca do triunfo”.

Como atacante, Ademir é um dos responsáveis por, não só ajudar na criação de jogadas, mas também colocar a bola nas redes dos adversários. Para isso, ele cita a necessidade de ter mais calma em campo.

“Acredito que falta um pouco de calma, talvez a ansiedade esteja atrapalhando. Precisamos ter calma para transformar as oportunidades em gols”.

Com dois jogos seguidos contra antigas equipes (América e Atlético), Ademir afirma o objetivo de voltar a marcar gol pelo Bahia.

“Meu foco é fazer gol em todos os jogos. Eu tenho as duas próximas partidas para isso (aplicar a “Lei do ex”), estou muito focado, principalmente neste jogo de domingo. A gente precisa tirar essa máxima de não fazer gol. Eu já tenho alguns jogos que não marco e isso tem me incomodado muito”.

Pelo América, Ademir acumulou três temporadas com pelo menos 13 gols na. A melhor marca aconteceu em 2021, quando anotou 15 gols e cinco assistências pelo Coelho.

Com a camisa tricolor, em 20 jogos disputados até então só conseguiu contribuir com um gol e duas assistências.

Trabalho mental para voltar a vencer

“Sim. É fazer o trabalho mental, ter calma e acreditar que as coisas vão mudar. Depende de nós. Cada um de nós tem que ter essa consciência, controlar a ansiedade para marcar os gols e voltar a vencer”.

Reforços da segunda janela

“Todos que chegaram vão agregar muito. A gente vê que estão com vontade de ajudar e ficamos muito felizes com isso. Tenho certeza que vão agregar muito para a sequência da competição”.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras