é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 10 de julho de 2021 às 21h57

Dado avalia estreia de Ligger e vê jogo decidido ‘no detalhe’

Treinador afirma que ter visto um jogo equilibrado no Morumbi

Victor de Freitas

dado34
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Em jogo válido pela 11ª rodada, o Bahia perdeu por 1 a 0 para o São Paulo, na noite deste sábado (10). Após a partida, o técnico Dado Cavalcanti comentou o desempenho de seus jogadores no Morumbi.

Em análise sobre a partida, Dado Cavalcanti afirmou ter visto um jogo parelho e decidido no detalhe para o adversário.

“Jogo de cachorro grande, geralmente vence no detalhe. Esse detalhe, mais uma vez, pesou a favor de nosso adversário. A gente lamenta demais. Entendíamos o jogo difícil que enfrentaríamos, a marcação alta do adversário”.

O Esquadrão foi a campo com duplas inéditas tanto na defesa, como também no meio-campo. A novidade da noite foi a estreia de Ligger, que formou dupla ao lado de Luiz Otávio pela primeira vez. No meio, Jonas e Patrick foram os volantes devido à ausência de Daniel.

Para Dado, a primeira partida feita por Ligger foi segura e a ausência de Daniel foi um fator que pesou negativamente.

“Tivemos duas trocas na equipe que vinha jogando, estreia do Ligger, que fez um jogo muito regular, muito tranquilo. Mudança com a saída do Daniel pesou um pouquinho”.

Mais um jogo com poucas chances de gol

“Sabíamos que seria um jogo de poucas chances. Tivemos poucas chances também no primeiro tempo. Se faz necessário dizer que, mesmo com muita posse no primeiro tempo, o São Paulo não finalizou no gol. No segundo tempo cedemos mais espaços, a gente perdeu mais força para sair na velocidade, na profundidade. O adversário se posicionou melhor. É entender um pouco mais o que produzimos para vencer essa defesa e deixar guardada para utilizar no jogo da volta”.

Reavaliar para encontrar as falhas

“Responder ainda com a cabeça quente, adrenalina da partida, óbvio que vou refletir, ver o jogo. A gente sofreu um pouco mais principalmente com a falta de ataque aos espaços vazios que o São Paulo deixava. Vou fazer essa reavaliação para entender melhor”.

Substituições nos últimos minutos

“A troca, volto a falar, tem cinco opções de substituição, o que acho que é vantajoso para quem tem uma condição de manter o mesmo nível. O detalhe principal são os jogadores que estão em campo e sinalizam poder de troca. Matheus Bahia estava sentindo, ele foi um dos jogadores que pediu para segurar. Esperei ele me dar a confirmação para poder fazer as últimas trocas”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.