é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 08 de abril de 2021 às 07h25

Dado vê Bahia um passo à frente e com margem para evolução

Técnico elogia agressividade que resultou em gols no começo do jogo, fala em trabalhar para evoluir defensivamente e vê time melhor do que antes

Victor de Freitas

dado22
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Assim como aconteceu contra o Altos, o Bahia marcou dois gols com menos de dez minutos diante do Manaus. O placar aberto e ampliado rapidamente deu mais confiança à equipe, mas também trouxe um pouco de relaxamento ao longo do primeiro tempo.

Na opinião do técnico Dado Cavalcanti, houve falta de concentração e de velocidade que foram cruciais para os momentos de perigo apresentados pelo Manaus - e que culminou em um gol.

O treinador tricolor elogia a agressividade inicial da equipe e afirma que o time tem margem para melhorar, como por exemplo no aspecto defensivo.

“Nós entramos muito fortes no jogo, no início. Aconteceu o que estávamos buscando no jogo em casa, agressividade, com velocidade alta. Fizemos logo dois gols. Concordo que, em alguns momentos, tivemos momentos de relaxamento, diminuímos velocidade, concentração. Discordo apenas que a classificação foi colocada em risco. Não chegou a esse ponto. Nossa equipe tem margem para evoluir, talvez um pouco mais de agressividade defensiva. Mas já demos um passo à frente em relação aos outros jogos".

Para Dado Cavalcanti, o fato de o time ter se lançado ao ataque desde o início, marcando gols, foi fundamental para a conquista do triunfo.

“Entramos de forma agressiva e conseguimos perdurar. Enfrentamos adversário bem treinado, tivemos controle do jogo. É isso que se espera do Bahia, uma equipe propositiva. Perdemos um pouco de concentração. As trocas desconfiguram um pouco mais. Fui obrigado a fazer troca com mudança de setor, como com Juninho Capixaba. Jogo favorável traz essas possibilidades, mas poderíamos ter ampliado esse placar. A forma agressiva que entendemos e entramos foi importante”.

Falhas na defesa

“Acho que os erros vão acontecer independente do contexto da equipe. Sempre vamos encontrar os erros, ficam mais visíveis. Já equacionamos alguns desses. Sobre a bola aérea, sofremos um pouquinho, mas da quantidade de vezes que essa bola foi alçada e a quantidade de vezes que tiramos, talvez a diferença não seja tão grande. Um adversário bem treinado e que tinha no seu forte esse lance. Com Conti e Luiz Otávio temos altura maior, mas não só eles fazem parte do sistema defensivo. Faltou preenchimento de área, o funil da entrada da área que estava um pouco desguarnecida”.

Gols de Thaciano e Conti

“Muito importante começar jogando e jogando bem. Gol traz uma confiança maior para o jogador envolvido. Não foi primeiro jogo do Conti, mas primeiro gol. E o Thaciano, na primeira partida iniciando, trouxe um ingrediente a mais. É um "box to box", com participação nas duas áreas. E essas são as características principais. Gol traz confiança para continuar rendendo”.

Estreia de Luiz Otávio

“Luiz fez jogo tranquilo, seguro. Já demonstrou possibilidade, zagueiro impositivo, combinou com Conti, que é um zagueiro mais clássico. Luiz Otávio é jogador de mais agressividade”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.