é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 25 de maio de 2022 às 16h21

‘Ele mostrou que eu estava errado’, diz Guto sobre meia titular

Guto relata crescimento de jogador na equipe tricolor

Victor de Freitas

guto59
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Tido como um coringa no meio-campo, Daniel foi titular do Bahia na maior parte dos jogos entre 2020 e 2021, seja como volante ou na função de armador de jogadas. Já em 2022, foi efetivado em uma só posição. É o camisa 10 da equipe e tem vivido sua melhor fase no clube.

Durante a live com Darino Sena, em seu canal no Youtube, o técnico Guto Ferreira comentou sobre detalhes de bastidores que fizeram o meio-campista crescer dentro do time.

Guto lembrou primeiramente sobre os motivos que o fizeram a escalar Daniel como titular, em sua chegada, e em seguida finalizar o ano de 2021 com ele no banco, perdendo lugar para Edson nas rodadas decisivas.

“Daniel se escalou quando eu cheguei por causa do encaixe que dava na equipe. Só que, durante o Brasileiro, ele sai da equipe quando precisávamos jogar mais agressivos, jogar entrelinhas e ele deixou de fazer isso. Não conseguia se fixar. Principalmente quando a gente pegava jogos de muito confronto físico, eu tirava ele porque tinha dificuldade. Ele ficava puto e eu percebia isso”.

Virada de chave aconteceu em jogo do Nordestão

Essa situação perseguiu o meia até o primeiro trimestre de 2022, que foi quando ele deu a resposta que o técnico tricolor precisava. Segundo Guto, Daniel o mostrou que sua ideia de tirá-lo em jogos ‘pegados’ estava errada.

“Contra o Fortaleza, na Copa do Nordeste, eu não escalo de saída e falo para ele o motivo. Ele engole seco, eu o coloco no decorrer do jogo e ele entra para me dar a resposta, para me mostrar que eu estava errado”.

“Deixei fora por causa do contexto da parte física e do lado ofensivo dele, porque até então ele não estava ofensivo. Ele vinha muito atrás para buscar jogo, achava que com a bola no pé, mesmo atrás, dava passes importantes, e não fazia porque estava muito longe. E eu brigava com ele porque não fazia gol e nem pisava na área”.

“(...) Acaba o jogo, dou moral para ele e para os caras. Ele me respeitando e falou no meio de todo mundo: ‘professor eu te respeito, só que não concordo’. Eu, enquanto treinador, sou obrigado a ouvir e aceitar a opinião dele e analisar o motivo”.

Novo posicionamento e destaque

Guto Ferreira também diz que o fato de ter conseguido fazer com que o meia se indignasse por perder a posição foi o que lhe moveu para melhorar como jogador.

“Com a indignação eu consegui mexer com ele. O que ele foi fazer? Buscar informações, situações e movimentos que conseguissem atingir aquilo que eu estava buscando”.

O treinador afirma que o camisa 10 tem tido postura de líder internamente.

Daniel começa a crescer, começa a pisar na área, fazer gol. Jogo a jogo, começa a assumir protagonismo e mostrar que ele é peça fundamental. A gente percebendo isso, ele começa a liderar, a jogar todo mundo para cima, a dar moral aos companheiros, a puxar os colegas junto com ele. Nos treinamentos, começa a se aplicar nos trabalhos que, de repente não dava tanto valor, que é a melhoria no nível de força, entendendo que precisa ter força para suportar o contato, não machucar fácil, para ficar mais rápido.

“É um cara extremamente dedicado. É um cara que você ouve pouco, mas trabalha muito. É pontual, fala na hora certa. Não é um cara de sacanagem. Ele brinca na hora certa, é amigo, é divertido, e começa a perceber que aquilo está trazendo benefícios para ele e para a equipe. Com a confiança, os adversários começaram a não achar ele dentro de campo. Quando ele consegue produzir, o time cresce muito”.

A mudança de Daniel é vista nos números. Em 2021, ele fez um gol em 53 jogos. Em 2022, são quatro gols marcados em 24 partidas.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras