é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 13 de setembro de 2022 às 13h41

Enderson diz que lateral precisa 'fazer por merecer' vaga de titular

‘Não vou dar posição de titular se não fizer por merecer’, diz Enderson sobre lateral-esquerdo

Victor de Freitas

enderson22
Fonte: Marlon Costa / @marloncosta023

Sem Matheus Bahia, machucado, o volante Rezende tem recebido sequência de jogos improvisado na lateral-esquerda, mesmo sendo longe das suas principais características.

A escalação do volante canhoto na lateral tem chamado a atenção pelo fato de que Luiz Henrique, jogador da posição, tem figurado no banco de reservas.

Após a partida contra o Sport, Enderson Moreira foi mais uma vez questionado sobre o assunto e foi categórico ao afirmar que o lateral não está fazendo por merecer a vaga de titular nos treinamentos diários.

“Claro que a gente pensa. A gente teve uma situação do Luiz Henrique, que eu acho que é um jogador que pode... Eu falei com ele claramente: ‘Não vou te dar a posição, se você não fizer por merecer no dia a dia’. Em determinado momento, falei claramente. Não é porque a gente não tem nenhum lateral que simplesmente vou te dar isso. Então é uma questão de conquista. E ele é um menino muito ‘do bem’, com muita capacidade, que eu acho que, com um pouco mais de trabalho, para posicioná-lo melhor”, explicou o treinador.

Enderson também ressalta que o trabalho se dá com o objetivo de melhorar a condição de defesa do lateral-esquerdo, sendo esse o motivo por preferir Rezende improvisado.

Ele ressaltou também que o volante era a melhor opção do elenco para jogar como lateral nesses últimos dois jogos.

“A gente ainda sofre, talvez, com cruzamentos ali. De ele poder estar mais inteiro nessa bola. Então a gente fez opção por Rezende, porque a gente jogou fora de casa com times que jogam muito com cruzamento. Era importante ter um jogador que cabeceia melhor ali. Era a alternativa que a gente tinha. Mas, a partir de agora, a gente vai trabalhar. Se ele demonstrar nos treinos que vai reconquistar esses espaços... E ele começou muito bem o ano aqui. Todo mundo lembra. Eu acompanhei de fora”.

O treinador tricolor relembrou o momento de críticas em cima de Luiz Henrique pela falha na Copa do Brasil.

“É um jogador que teve, pontualmente, um escorregão, que ocasionou um gol contra o Athletico. Todo mundo caiu em cima dele, falando que ele não prestava mais. Claro que qualquer jogador sente um pouco acuado, é normal. Quando a gente responsabiliza diretamente o resultado a partir de um detalhe só. O que a gente está fazendo é uma reconstrução em cima dele. Tirar ele um pouquinho do foco, porque a gente sabe que vai precisar muito dele. Tenho muita expectativa de que ele vá conquistar esse espaço”.

Luiz Henrique terá dois treinos nesta semana e outros cinco trabalhos na próxima semana para ganhar a titularidade contra o Operário, no dia 24 de setembro.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.