é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 20 de março de 2023 às 16h19

Everaldo aprova novo esquema tático do Bahia: 'assimilamos melhor'

Atacante diz que todo o time foi favorecido com a mudança no estilo tático da equipe

Victor de Freitas

everaldo17
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Cobrador de pênaltis oficial do Bahia, Everaldo assumiu a artilharia do time após três gols marcados nos últimos dois jogos.

Entrevistado nesta segunda-feira (20), o camisa 9 tricolor falou sobre as cobranças da torcida por resultados melhores e por seu rendimento melhor individualmente.

Sobre os dois primeiros meses de temporada, Everaldo garantiu que não está satisfeito com sua performance, mas que se sente melhor do que no início do ano para, enfim, deslanchar com a camisa do Bahia.

“A torcida tem o direito de cobrar, desde que seja uma cobrança pacífica. Também não estou satisfeito com o meu rendimento, mas eu estou melhorando a cada dia. Com certeza, hoje eu me sinto muito melhor do que no começo da temporada em janeiro. Como eu falei, leva tempo a readaptação ao futebol brasileiro, ao grupo de novos jogadores, mas a cada dia me sinto melhor. Procuro dar meu máximo nos treinos e nos jogos”.

Novo esquema tático favoreceu ao time

A maior novidade da última partida foi a mudança de esquema tático, para um 3-4-3/5-3-2, adotado por Renato Paiva, no qual Everaldo foi municiado pelos alas, meias e principalmente pelo parceiro de ataque Biel.

Segundo o centroavante, todo o time conseguiu assimilar melhor a nova formação adotada pelo treinador.

Não só (me favoreceu), como meus companheiros também. Assimilamos melhor. É óbvio que ainda tem o que melhorar, porque é um esquema que mudou há pouco tempo, então precisamos de mais treinos em relação a isso. Mas deu para ver que assimilamos bem o que o professor pediu, colocamos em prática e o jogo foi como foi. Ganhamos bem. É dar sequência. Se é isso o que o professor nos pede, é isso o que vamos fazer”.

Artilharia em 2023

“Centroavante é sempre cobrado para ser o artilheiro do time e felizmente isso está acontecendo agora. Espero... espero não. Eu vou manter essa constância. Era um desejo meu sim (ser artilheiro)”.

Como fazer a torcida confiar em uma sequência de triunfos?

“O torcedor tem que confiar. O nosso time é bom. Eu acho que o torcedor está percebendo que o time está melhorando. Estamos nos entrosando e nos conhecendo melhor no dia-a-dia, nos treinos e nos jogos. Acho que deu para ver no último sábado, quando o time fez o que o time pediu, pressionou, atacou, fez gols, soube se defender. Não estamos satisfeitos, porque sabemos que podemos melhorar ainda mais. É manter essa constância, focar no que o professor pede, comprar a ideia dele e colocar em prática que as coisas vão acontecer”.

A parte física evoluiu?

“Houve (evolução), sim, mas eu ainda não estou satisfeito. Sabemos como é o calendário brasileiro, mas principalmente o calendário nordestino é bem complicado. Já jogamos 19 jogos em dois meses e dez dias. É muito jogo. As pessoas pensam que não, mas é muito jogo, pouca viagem e pouco tempo para treino. Acredito que se houvesse mais tempo para treinar, estaríamos melhores fisicamente e tudo o que nos é pedido. Então, estou feliz, mas não estou satisfeito”.

Exigência da torcida por resultados

“A torcida do Bahia é exigente, muito apaixonada, cobra bastante, mas quando o time está bem é uma torcida que empurra e ganha jogo. Estou feliz com o que vem sendo feito e é manter a constância. O Campeonato Baiano está acabando, na Copa do Nordeste não conseguimos o resultado, infelizmente. Nem sempre acontece como queremos. Mas vamos disputar uma final de Baiano, que é um título importante para nós. Depois vem o que mais nos importa, que é o Brasileiro”.

Pedido de apoio para a torcida

“Inclusive quero colocar um ponto que é muito importante que a torcida esteja sempre com a gente durante os 90 minutos. Após 90 minutos, tem o total direito de vaiar e reclamar. Mas é muito importante para nós que a torcida nos empurre em campo, independentemente de quem estiver em campo. Estamos vestindo a camisa, estamos juntos. Todo mundo junto pelo mesmo objetivo. Se a torcida está conosco, nos empurrando, vai ser muito mais fácil”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras