é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 17 de janeiro de 2023 às 10h10

Ex-Bahia, Freeland fala sobre os bastidores do processo de SAF

Ex-dirigente de Botafogo e Bahia avalia projetos de SAF dos dois clubes

Victor de Freitas

freelandyoutube
Fonte: Reprodução / Youtube

Eduardo Freeland trabalhou no Bahia de março a novembro de 2022, participando ativamente da última temporada pré-SAF. Antes, ele já havia passado por um situação semelhante no Botafogo, de onde também saiu após o clube carioca consolidar a formação de uma Sociedade Anônima do Futebol com o norte-americano John Textor.

Em entrevista ao canal Resenha com Thiago Franklin, no Youtube, Freeland foi perguntado sobre como viu o processo de formação das SAFs de Botafogo e Bahia.

“São projetos completamente diferentes, a forma como eu vi o Botafogo se desenhando de forma mais ágil e o Grupo City chegando ao Bahia de forma muito mais cuidadosa, analítica”.

“São projetos muito diferentes. Inclusive um com a personificação do John Textor e outro com um grupo que já tinha 12 clubes. São cenários muito diferentes. E poder participar de reuniões, conversas, e entender um pouco a cabeça desses investidores é muito interessante para ver o objetivo dos projetos, entender quis caminhos que são conduzidos por essas empresas”.

Para o ex-diretor de futebol do Esquadrão, o projeto construído entre Bahia e Grupo City terá sucesso a médio e longo prazo, com expectativa maior de logevidade em relação ao próprio Botafogo.

“(...) O projeto do Bahia, desenhado de uma forma que eu acredito que da forma como eu enxergo o processo, entendo que o projeto do Bahia tende a ter uma longevidade, uma cara a médio e longo prazo, bem interessante”.

“O Grupo City já vem com uma consolidação muito forte em 12 clubes, em países e continentes diferentes. Essa capacidade que o City já tem consolidado pode ser muito interessante para o projeto do Bahia e acredito que os resultados virão a médio prazo. Mas a construção dos projetos internos é bem interessante”.

Freeland atualmente está sem clube após ter sido dispensado pelo Bahia no fim de 2022. Carlos Santoro assumiu o cargo de diretor de futebol.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.