é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 30 de março de 2021 às 17h59

Gilberto afirma trabalhar para ser ídolo do Bahia com títulos

Atacante valoriza números individuais, mas garante que seu foco é levantar taças

Victor de Freitas

gilberto208
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Gilberto já é o 25º maior artilheiro da história do Bahia mesmo com menos no início de sua quarta temporada pelo clube. Apesar dos números individuais de destaque, o camisa 9 garante que sua principal meta é de ganhar idolatria por conta de títulos.

Em entrevista coletiva no CT Evaristo de Macedo, nesta terça (30), o centroavante tricolor garantiu que enquanto estiver vestindo a camisa tricolor, estará visando grandes conquistas.

“Ser ídolo com relação a gols é legal, feliz. Mas o que mais busco na carreira é conquista, título que vai marcar a minha carreira. Conquistar títulos com um grupo, aqui a gente já formou vários grupos especiais, chegamos perto de ter esses títulos, não conseguimos. A gente segue buscando. Temos que buscar. E enquanto eu estiver aqui, vou buscar esse título”, afirma o jogador.

Apesar do desejo de ser campeão de torneios importantes no Bahia, Gilberto também ressalta a necessidade de ter humildade em 2021, para não correr o risco de ter expectativas frustradas ao final do ano.

“Acho que a gente tem que ser humilde. Ano passado criamos expectativas muito grandes e as coisas não aconteceram. Esse ano temos que ser humildes, pensar com tranquilidade, jogo a jogo, conquistando o que der”.

“Se Deus abençoar vamos sair vencedores de um torneio ou de uma copa, como a Copa do Nordeste ou a Copa Sul-Americana”.

Para ele, é necessário que o foco seja voltado para um jogo de cada vez.

“A gente tem que pensar jogo a jogo. Estão chegando jogadores novos. O clube vem fazendo uma reformulação. A gente tem que ir aprendendo com os novos jogadores, escutando o nosso treinador, como ele quer jogar jogo a jogo, e buscar triunfar nessas partidas”.

Como vê as especulações com seu nome?

“Estou feliz. A gente tem um calendário grande, com várias disputas, em qualquer momento do ano pode ocorrer vinculação de nomes para outros times. O importante é saber que o presidente está montando um elenco forte para a disputa dos campeonatos”.

Cobranças de pênaltis

“Acho que desde que cheguei perdi três pênaltis. Eu me cobro bastante para não perder pênalti. Tenho meu jeito de bater e quando você está inseguro você muda. Eu não gosto de mudar. Acabei errando contra o São Paulo, contra o Defensa y Justicia e em um jogo da Copa do Brasil. Acontece, mas é algo que a gente precisa corrigir”.

 

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.