é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 20 de agosto de 2019 às 12h12

Guerra celebra gol pelo Bahia e trabalha para buscar titularidade

Meia admite ainda não estar 100% fisicamente, mas que está focado em buscar uma vaga no time

Victor de Freitas

2019-08-20-12-08_capaguerra8
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após um mês afastado dos gramados, por conta de lesão no joelho, o meia Guerra foi uma das apostas de Roger Machado durante a partida contra o Goiás. Autor do gol que garantiu o empate, o venezuelano celebra seu primeiro gol com a camisa tricolor e garante estar trabalhando com o foco na titularidade.

Entrevistado do dia no Fazendão, Guerra falou sobre o lance do gol, no qual demonstrou boa leitura do lance e oportunismo para balançar as redes pela primeira vez desde que chegou ao clube.

“Logicamente que com um a menos é muito difícil, mas a equipe se comportou bem taticamente. No lance, fiquei fora da área e vi que o jogador deles ia jogar para aquele lado. Consegui chegar no tempo certo. Foi um pouco difícil porque foi de canhota”, disse o jogador.

Em busca da titularidade no meio-campo

Roger Machado ainda não encontrou o trio de meio-campo ideal desde que perdeu Douglas Augusto. Ramires e Giovanni não convenceram nas oportunidades que tiveram. No último jogo, Lucca seria testado em uma posição central, mas a expulsão de Moisés prejudicou. Com isso, Guerra surge como um concorrente para o setor de armação de jogadas.

Um dos destaques do empate com o Goiás, o meio-campista também admite que não estava em sua melhor forma física, mas que está trabalhando para conquistar a titularidade.

“Não estava 100%, treinei, mas falei com a comissão que não estava 100%. Eles entenderam. Estava no banco motivado para entrar. Entrei bem, sem dor. Não estava 100% fisicamente. Estou trabalhando para isso (titularidade)”, falou o jogador.

Confiança para ganhar vaga no time

“Confiante. Sempre confiante. Antes do jogo contra o Goiás, a gente estava confiante porque todo mundo se entrega para ser titular. A decisão é da comissão técnica”.

Empate com o Goiás

“Foi um ponto valorizado porque, se com 11 é difícil, com 10 mais ainda. agora é passar essa página. Temos quase todos os jogadores à disposição”.

O que esperar do Atlético Mineiro

“É um elenco muito qualificado. Tem jogadores de qualidade. Logicamente que vai se rum jogo bem intenso. Eles jogam hoje, sempre importante assistir ao jogo. Ver quais são as fortalezas deles e as debilidades. Para a equipe é importante somar pontos, não perder e depois buscar o objetivo”.

Semana de treinos

“Bem. Normal porque fiquei quase quatro semanas sem trabalhar com a equipe. Logicamente que 100% não estou, mas com motivação de fazer bem. Já estou pegando ritmo. A equipe está encaixada, ambiente legal. Bom para a hora de trabalhar”.

O Bahia voltará a campo às 11h deste sábado (24), contra o Atlético Mineiro, no Independência.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.