é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 03 de maio de 2022 às 23h03

Guto destaca eficiência do ataque e valoriza momento do Bahia

Após cobrar menos preciosismo nas últimas duas partidas, treinador desta vez aprova desempenho do time no ataque

Victor de Freitas

guto52
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia goleou o Londrina por 4 a 0 e reassumiu a liderança da Série B na noite desta sexta-feira (03), em jogo que abriu a sexta rodada da competição nacional.

Após a partida disputada na Arena Fonte Nova, o técnico Guto Ferreira concedeu a tradicional entrevista coletiva e avaliou o desempenho dos seus jogadores em campo.

Questionado sobre uma mudança de postura após atuações ruins nas rodadas anteriores, o treinador tricolor afirmou que o Bahia já vinha sendo agressivo no ataque, mas que desta vez o time conseguiu ser eficiente para vencer com um placar largo.

“Em termos de comportamento, o Bahia foi tão agressivo quanto nos outros jogos. Se você pegar a quantidade de finalizações do Bahia nos outros jogos, inclusive contra o Ituano, nós fizemos mais naquele jogo no que nesse. Aqui o gol saiu cedo. Uma bela roubada, o Rezende roubou bem, o Davó serviu ao Rildo, que teve a frieza para matar. Acho que quem veio ao estádio hoje foi premiado com quatro gols bonitos. Dois gols de fora da área muito bem dados e dois gols de dentro da área bem construídos. Volto a falar: o Bahia vinha criando, por detalhes não vinha conseguindo finalizar”.

Para Guto Ferreira, os gols marcados nos primeiros minutos deram mais tranquilidade à equipe tricolor para desempenhar um futebol melhor do que contra outros times que também se retrancaram diante do Esquadrão.

“Hoje o gol cedo trouxe tranquilidade e o Bahia soube se comportar, se portar dentro de campo, não dando chances ao adversário, criando quatro gols e outras chances”.

Pés nos chãos para conter empolgação

“Mas é só a sexta rodada. Nós precisamos ter desempenho e resultado parecidos nas próximas 32, então falta muita coisa. Eu fico feliz em cima de toda a situação que o Bahia vem fazendo até aqui. (...) O momento é muito bom, mas não podemos empolgar. Pezinhos no chão, firmes e fortes. O momento de estar em cima, você fica extremamente visado. Todo mundo quer o lugar. Para se manter da primeira até a última rodada não é para qualquer um não. Nem o Bragantino com todo o investimento em 2019 conseguiu, no início da competição quem liderou foi o Botafogo-SP. Depois, quando eles ganharam a frente não saíram mais. Eu espero que a gente consiga estar entre os quatro para atacar o acesso e quem sabe até coisa maior no final.

Valor de estar no G-4

“Para mim, o mais valoroso não é a liderança, mas sim estar entre os quatro. Temos que ter os pés no chão. Gostaria de estar nas próximas 32 rodadas no lugar onde estamos hoje, mas consciente que em algum momento nós vamos errar, como nós erramos no jogo passado, e o mais importante é manter a média. E na média a gente está entre os quatro”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.