é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 09 de setembro de 2022 às 17h59

'Não adianta antecipar situações', diz Enderson sobre estreia de Vidal

Torcida aguarda estreia de atacante emprestado pelo Inter, e Enderson diz que só irá escalá-lo quando estiver nas melhores condições

Victor de Freitas

caiovidal3
Fonte: Rafael Machaddo / EC Bahia

Caio Vidal foi o último reforço anunciado para a temporada de 2022 e um dos poucos que assinaram contrato também para o ano de 2023.

Emprestado pelo Internacional até o fim de junho da próxima temporada, o jogador é um dos reforços que ainda não estrearam com a camisa do Esquadrão de Aço – mas por razões físicas.

Vidal chegou ao Bahia em fase de transição física após uma lesão que o afastou por quase dois meses no Internacional. Sem jogar desde julho, o atacante começou a treinar com o time nesta semana, mas ainda não foi relacionado.

Perguntado sobre o motivo de não ter levado o atacante para a partida em Santa Catarina, o técnico Enderson Moreira afirmou que não quer apressar a situação.

“A gente está acompanhando o trabalho do Caio. Ele chegou no período de transição, não estava liberado para poder iniciar os trabalhos ainda. A gente está aguardando até que ele tenha condição plena. Não adianta antecipar algumas situações”.

Enderson ressaltou entender que a torcida está ansiosa para ver o reforço em campo pela primeira vez, mas destaca que está tranquilo para utilizá-lo somente quando houver condições reais de suportar um jogo.

“Eu fico vendo que muitas vezes as pessoas têm muita ansiedade com o jogador que foi contratado, que ele já possa rapidamente ter condições. Às vezes ele não tem, ele precisa chegar no clube, se adaptar, conhecer os atletas. Eu sou muito tranquilo com relação a isso, eu não tenho essa ansiedade. Eu sei que é preciso que esses jogadores fiquem à disposição na melhor condição possível. Assim que ele estiver nessas condições, é claro que a gente vai utilizar”.

Além de Caio Vidal, que ainda não atuou por questões físicas, o Bahia também tem Gabriel Noga que não fez sua estreia. Ele foi relacionado apenas uma vez desde que chegou, no mês de julho. Teve uma lesão durante esse período, mas desde então não foi utilizado por opção técnica.

Já Zé Vitor, contratado em abril, jogou apenas uma partida com a camisa tricolor até então.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.