é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

No futebol árabe, volante afirma ‘ter planos’ de voltar a jogar no Bahia

Notícia
Entrevista
Publicada em 18 de outubro de 2023 às 16:36 por Victor de Freitas

2020-02-19-08-56_capaflavio81

Flávio defendeu o Bahia em 95 oportunidades durante entre as temporadas de 2018 e 2020, marcando sua trajetória pela versatilidade ao atuar em diferentes posições.

Vendido ao futebol turco durante a pandemia, em 2020, o meio-campista atualmente defende o Al Tawawon, da Arabia Saudita, mas afirma não ter esquecido do Bahia.

Em entrevista ao perfil @centraldoarabao, no Twitter, o meio-campista relembrou sua passagem pelo Esquadrão ao falar sobre a identificação e o carinho que continua tendo com o clube e a torcida.

Hoje, com 27 anos, ele garante ter planos de voltar a vestir a camisa tricolor por entender que saiu com a porta aberta para um retorno. Porém, diz também não ter recebido nenhum tipo de oferta para voltar desse que saiu.

Tenho planos sim (de voltar ao Bahia). Todo mundo sabe da minha identificação com o clube. É o clube que eu mais joguei, tenho 95 jogos. Pude me desenvolver muito como atleta e como pessoa também. Mas a gente sabe como é o futebol, né? Ninguém sabe o dia de amanhã. Mas eu tenho certeza que quando eu saí, eu deixei as portas abertas. E quem sabe no futuro? E não, nunca tive nenhuma proposta pra voltar. E acho que sim, eu me vejo em qualquer time pela minha versatilidade, pela minha função. Eu posso fazer várias funções no campo. Então é isso, o futuro a Deus pertence”.

“Sim, não tem como negar. Eu tenho um carinho especial pelo Bahia, é um clube onde pude me desenvolver como jogador. Pude evoluir muito como pessoa também. Aprendi muito dentro e fora de campo. Então tenho um respeito muito grande. Sempre que dá, vejo os jogos e estou sempre torcendo”.

Mesmo com uma passagem anterior pelo maior rival tricolor, Flávio afirma que continua falando ‘triunfo’ para se referir a um resultado positivo até hoje.

“E a palavra ‘triunfo’, ela acabou ficando bem forte na minha cabeça, então é algo que sai automaticamente. Não fico me cobrando para falar triunfo. Já é algo natural”.

Flávio foi para a Arabia Saudita sob indicação do ex-auxiliar técnico tricolor, Cláudio Prates, que atualmente é o assistente do treinador Péricles Chamusca no Al Taawon.

Quer receber notícias do Bahia no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo exclusivo para notícias em TEMPO REAL.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras