é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 27 de abril de 2023 às 21h49

Paiva avalia atuação do Bahia e mudança de postura no 2º tempo

Técnico diz o que fez no intervalo para a equipe melhorar a eficácia na etapa complementar

Victor de Freitas

paiva29
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com gols no segundo tempo, o Bahia atropelou o Volta Redonda por 4 a 0 para garantir seu lugar nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2023.

Após a partida, o técnico Renato Paiva concedeu sua entrevista coletiva pós-jogo, na qual avaliou positivamente o desempenho da sua equipe ao na maior parte do tempo na Fonte Nova.

Inicialmente, o treinador respondeu sobre o onze inicial escolhido, com mudanças na linha de zaga, na ala, no meio-campo e no ataque.

“Jogamos na segunda até as 22h, jogamos hoje e jogaremos segunda-feira. Tivemos pouco tempo para nos recuperar. Temos indicadores biológicos para avaliar o estado de cansaço dos jogadores e a última coisa que eu quero fazer é perder jogadores por lesão. Dentro daquilo que era um jogo em casa, e sentindo que queríamos ter mais bola, e Daniel dá uma boa decisão na posse de bola, o Bahia refrescado no lado do Chávez e o Bahia fez seu trabalho. E manter alguns jogadores importantes que a recuperação nos permitiu utilizar”.

Placar largo após derrotas no Brasileirão

Assim como já havia ocorrido após uma derrota dolorosa na Copa do Nordeste, o Bahia novamente goleou na Copa do Brasil depois de um revés no Brasileirão.

“São competições diferentes e adversários diferentes, com peso de eliminatória. Ninguém é campeão em um campeonato que tem quase 40 rodadas”.

O técnico tricolor também explicou o que mudou no intervalo para o Bahia conseguir marcar quatro gols depois de desagradar os torcedores com a atuação nos 45 minutos iniciais.

Início promissor e queda de rendimento no primeiro tempo

“De fato, a equipe começou bem nos primeiros dez minutos. Depois desligou-se um bocado e mesmo assim voltamos a demonstrar alguma ineficácia em frente ao golo, acabando por perder um ou outro gol (no primeiro tempo)”.

O que fez para melhorar o time no intervalo

“Corrigimos algumas coisas ao intervalo e acima de tudo acalmamos os jogadores, que estavam precipitados em campo, com más decisões. Portanto, nos tranquilizamos e foi uma questão de a bola começar a entrar. Aumentou ainda mais a desvantagem para eles e começamos a ter mais espaços, que foi quando começamos a mexer para refrescar o time, em especial para dar alguma verticalidade no ataque. Mesmo assim, nos 12 primeiros minutos perdemos várias chances. Se fossemos mais eficazes, seria um placar muito maior”.

Jogo sem ser vazado após sequência de partidas levando gols

“Há uma coisa que balança em relação é isso é que, de fato, os números contra Bragantino e Botafogo não registrarem muitas finalizações no gol. No Bragantino, o Marcos Felipe tem três defesas, mas tomou dois gols. O Botafogo teve uma eficácia de quase 100%. Então, é trabalhar para contrariar essa eficácia do adversário, mas obviamente há uma questão defensiva que para mim está relativa à equipe ainda não conseguir ser compacta defensivamente”.

Pedido de paciência com Arthur Sales

“O que o Arthur tem de melhor é a finalização. Foi artilheiro na Bélgica jogando como ponta, mas muitas vezes com movimentos interiores, definindo muito bem de frente com o goleiro. Sua capacidade de finalização é muito assertiva. É um jogador que pela sua mobilidade é trabalha-lo em uma posição nova (como centroavante). Estou muito satisfeito com o trabalho dele, está merecendo e aproveitando as oportunidades. Não é fácil entrar com falta de ritmo, com falta de confiança no jogo, e dar uma boa resposta. Faz parte da paciência que eu peço e se eu peço, também tenho que ter paciência com o Arthur em relação ao crescimento dele. Partindo sempre do princípio que recebemos jogadores que não eram titulares em seus clubes e chegam nas nossas mãos com pouco ritmo e com falta de confiança”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras