é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 23 de fevereiro de 2023 às 20h32

Paiva garante tranquilidade sobre continuidade do trabalho

'Quando o Renato Paiva sentir que é um problema, vai embora”, diz o treinador

Victor de Freitas

paiva11
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia sofreu sua uma grande humilhação ao perder por 6 a 0 para o Sport, rival pernambucano que disputa a Série B, em um jogo do Nordestão.

A derrota mancha o início de temporada do Esquadrão e o coloca na última colocação do grupo B, com quatro pontos em cinco jogos na competição regional, sendo também o time de pior defesa do torneio.

Com o resultado sofrido, junto com as atuações e placares recentes do Bahia no Nordestão, o trabalho do técnico Renato Paiva passa a receber ainda mais críticas, o que, segundo ele, não influencia em seu dia-a-dia.

“Funciono com as minhas convicções, minhas ideias e com as ideias da estrutura”, disse, após perder para o Sport.

Questionado sobre um possível temor de uma demissão, Renato Paiva garantiu estar tranquilo com o trabalho que desempenha no Bahia.

"Muito triste com o resultado, mas tranquilíssimo com o meu trabalho, assim como foi quando ganhamos o Ba-Vi, quando chegamos ao primeiro lugar no Baiano".

Ele afirma ter consciência do seu trabalho e, inclusive, citou que pediria para sair caso sentisse que é o problema do time.

“Consciência do meu trabalho é que me define, estamos fazendo o que podemos e sabemos para melhorar a equipe. Temos que saber viver com essas goleadas, foi a maior da minha carreira como treinador, sofri 5 a 0 pelo Independiente contra o Palmeiras. Temos que tirar lições delas. Não gostamos, mas há uma coisa que é certa, quando o Renato Paiva sentir que é um problema, vai embora”.

Paiva relembrou ainda o pedido de demissão do Club León, do México, uma semana antes de assinar com o Bahia.

“No México eu pedi demissão porque senti que naquelas condições eu não ia ser a solução. Como eu sinto que eu não sou o problema, vou continuar”.

Paiva tem 12 jogos no comando do Bahia, entre Nordestão e Baiano, com sete triunfos, um empate e quatro derrotas. Com ele no comando, a equipe tricolor tem 15 gols marcados e 18 sofridos.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras