é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 21 de julho de 2022 às 15h56

Raí comenta fase no Bahia e diz como busca ajudar o time em campo

Atacante também falou sobre a partida contra o Cruzeiro

Victor de Freitas

rai28
Fonte: Rafael Machaddo / EC Bahia

Raí retornou ao time titular nas últimas rodadas, ganhando sequência de atuações sobretudo após a saída de Rildo, que se transferiu para o futebol português.

Novamente esperado na equipe inicial na rodada do final de semana, o atacante foi o entrevistado do dia no CT Evaristo de Macedo. Ele falou sobre como enxerga seu momento na equipe e a fase vivida pelos atacantes do Bahia e garantiu a busca por triunfo no Mineirão.

"Vimos no jogo do CRB que as ocasiões chegaram e infelizmente só conseguimos fazer um gol. Mas acredito que trabalhando e dando o nosso melhor, como a equipe vem fazendo, virão resultados melhores"

O atacante falou sobre a partida contra o Cruzeiro e garantiu que a busca é pelo triunfo no Mineirão.

“Acredito que é um dever a ser cumprido. É um time muito bom da classificação, é o líder. Mas será importante para nós buscarmos o resultado positivo nesse jogo”.

Estilo de jogo preferido por Raí

Quando chegou ao Bahia, Raí deu expectativas de que conseguiria demonstrar um futebol de dribles e finalizações, chegando a marcar seus primeiros gols na última Série A.

Em 2022, entretanto, ele vem sendo criticado justamente pela falta de efetividade no setor ofensivo. Em 12 jogos na Série A, ele contribuiu apenas com um gol marcado e ainda não deu assistência.

Na entrevista coletiva, Raí foi questionado sobre essa mudança de estilo, de driblador para um jogador mais conservador com a bolas nos pés.

“Sobre a mudança... Eu acredito que taticamente ajudo bastante a equipe e outras coisas, também defensivamente. Eu prefiro me preocupar mais com esse trabalho. E chegar no ataque com poucos toques. O drible muitas vezes não ajuda a chegar com mais rapidez no ataque e acredito que assim (com poucos toques) a soma é mais positiva”.

Questionado pelo ecbahia.com sobre o baixo número de gols, ele citou a lesão que o deixou fora por algumas rodadas atrapalhou seu desempenho e que o gol marcado diante do Guarani aumenta confiança.

“Após voltar de uma lesão, um período sem participar com a equipe, acredito, sim, que ajuda (voltar a marcar gol). Atacante sempre é bom marcar gols, somar com assistências, e ajudar à equipe, que é o mais importante”.

Primeiro turno do Bahia

“Acho que se manter no G-4 não está fácil. Todos querem estar ali, na classificação está tudo muito ajustado. Terminar o primeiro turno dentro do G-4 é um ponto muito importante para a equipe”.

Com a dupla Raí e Davó no ataque, o Bahia vai entrar em campo no sábado (23), contra o Cruzeiro, no Mineirão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras