é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 15 de julho de 2021 às 18h22

Rodallega é apresentado e afirma: ‘eu escolhi a proposta do Bahia’

Centroavante garante que idade não vai interferir e comemora acerto para jogar no futebol brasileiro

Victor de Freitas

rodallega1
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Hugo Rodallega já está no CT Evaristo de Macedo. O mais novo reforço tricolor foi apresentado à imprensa nesta quinta-feira (15), contou sobre o que espera de sua passagem pelo futebol brasileiro e os motivos que lhe fizeram aceitar a oferta do Esquadrão.

Aos 35 anos, o centroavante colombiano chega ao Bahia depois de passagens pelas primeiras ligas do México, Inglaterra e Turquia – país onde atuou nas últimas cinco temporadas.

Em suas primeiras palavras como jogador tricolor, ele garante ter ‘muita gana’ para ajudar o Esquadrão e que está ansioso para atuar na melhor liga sul-americana.

“Digo que é uma expectativa muito grande, com muita gana para ajudar a equipe do Bahia. É uma oportunidade importante para mim, para minha carreira, para minha família. É uma oportunidade de jogar na melhor liga da América do Sul, que é a Liga Brasileira, torneio muito importante. Estou fazendo parte do Bahia. Vamos trabalhar para fazer o melhor possível”.

Acerto com o Bahia

Apesar de uma longa trajetória em clubes europeus, continente onde atuava desde 2008, Hugo Rodallega revelou ter recusado propostas de times da Grécia e da Turquia, preferindo encarar um projeto novo no Bahia.

Tinha outras propostas da Grécia, Turquia. Escolhi a proposta do Bahia por ser interessante para mim. Disse anteriormente, é a melhor liga da América do Sul. Projeto novo, cultura nova para mim e para minha família. Queríamos estar mais perto de nossa casa também, para sentir um pouco mais o sabor latino e sul-americano”.

Elogios à Cidade Tricolor

“Os torcedores esperam gols. Vou me preparar bem para fazer muitos gols. Sobre a estrutura, é impressionante. Falava anteriormente que na Europa tem muitos campos bons de treino. Esse está no mesmo nível. Felicitações ao Bahia”.

Conversas com colombianos a respeito do Bahia

Rodallega é o segundo colombiano do elenco tricolor, que também teve Índio Ramírez. O centroavante também revelou ter conversado com Pablo Armero, outro conterrâneo com passagem recente pelo clube.

“Do Bahia tenho algumas coisas que Ramirez me contou. Falei anteriormente com Armero. Me falou da cidade, do clube, disse que é um clube importante, que vou estar tranquilo e feliz. Que tenho que desfrutar de estar no Bahia”.

Idade não é problema

“A idade não dificulta nada. Simplesmente tenho 15 dias para me preparar fisicamente. É suficiente para, a partir do dia 1º de agosto, começar a jogar com a equipe. Não tenho nenhum problema. (...) Não é necessário falar um pouco mais, o mais importante agora é representar a camisa do Bahia, trabalhar de uma maneira excelente, 100%. Melhorar todos os dias e ganhar os objetivos com a equipe”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.