é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 28 de março de 2024 às 09h19

Técnico do sub-20 valoriza chance para os jovens do clube e avalia atuação

Rogério Ferreira falou sobre como viu o jogo contra o Botafogo-PB

Victor de Freitas

rogerioferr8
Fonte: Divulgação / EC Bahia

O time sub-20 do Bahia foi acionado pela comissão técnica principal para enfrentar o Botafogo-PB na última rodada da Copa do Nordeste, sofrendo uma goleada por 4 a 0.

Técnico da equipe júnior, Rogério Ferreira admitiu a chateação pelo placar sofrido na partida, mas valorizou a chance dada para os jovens do clube atuarem em uma competição do nível do Nordestão.

“De maneira geral, para o torcedor, é o placar que importa. Mas temos que ter a frieza de olhar além do placar. O contexto é totalmente diferente. Não é uma desculpa, só uma realidade. Com a chegada desses atletas novos é normal que, com o passar do tempo, a gente consiga fazer os ajustes e melhore o desempenho. Fico preocupado em alguns momentos com o desempenho não ter sido bom. O placar elástico ninguém quer. Mas temos que buscar o equilíbrio na análise. Para uma projeção de carreira dos atletas, todas essas experiências foram válidas. Em questão de desempenho e resultado a gente ficou aquém”.

Ferreira destaca que alguns dos atletas chegaram ao Bahia há pouco tempo, como por exemplo o centroavante Samuel. Para ele, a equipe, mesmo sem ritmo de competição, ‘foi bem até certo ponto’.

“A gente sabia que seria jogo difícil. A gente com alguns atletas que chegaram há pouco tempo no clube. Fizemos praticamente uma partida nesse novo ciclo, pelo Campeonato Baiano. E a diferença de jogo que encontra do Campeonato Baiano Sub-20 para uma Copa do Nordeste é bem razoável. Eles foram bem até certo ponto. A gente sofreu desde o início, conseguiu equilibrar no meio do primeiro tempo, mas continuou sofrendo perigo. Voltamos mais equilibrados no segundo tempo, mas um detalhe depois que o placar foi aberto, e aí vem o aspecto emocional, são jovens. O segundo gol acabou fazendo que todas as ações foram mais difíceis”.

Quanto ao modelo de jogo aplicado, o treinador ressalta que é trabalhado um estilo que se assemelha ao principal, mas que em campo as decisões são tomadas pelos jogadores.

“É algo do jogo. O jogador vai decidir se dá para sair curto ou sair longo. Não dá para eu ficar tomando decisão para eles no sub-20, sendo que vão ter que tomar as decisões no profissional. Em alguns momentos saíram na bola curta; em outros, na bola longa. O jogo é do jogador. Trabalhamos para ter o jogo completo. Se eles não tentarem e não erraram, nunca vão atingir o nível que a gente espera. A gente trabalha para que eles consigam tomar as decisões. O jogador tem que ter essa percepção”.

Por fim, ele fala sobre o trabalho recentemente iniciado pelo Bahia, com o Grupo City, reestruturando as categorias de base.

“É tudo para o futuro. Óbvio que a gente quer e já foi competitivo. A gente foi semifinalista da Copa do Brasil com a equipe mais jovem de todo o campeonato. Em um período muito curto, atletas com idade de sub-17, serviram ao profissional. O objetivo nosso é fazer com que os atletas cheguem ao profissional. A gente percebe muito investimento desde as categorias menores. Entendemos que em um período médio, curto a gente vai conseguir ter resultados competitivos e continuar entregando. É necessário seguir trabalhando. Nada vai acontecer da noite para o dia”.

Apesar da goleada, o Bahia terminou a primeira fase com a melhor campanha entre os dois grupos, somando 18 pontos em 24 disputados.

Quer receber notícias do Bahia no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo exclusivo para notícias do Esquadrão!

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras