é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | História

Publicada em 24 de abril de 2021 às 09h38

Em 2001, Bahia eliminou Fortaleza na semi do Nordestão; relembre

Há 20 anos, Tricolor derrotou o mesmo adversário deste ano na semifinal e terminou como campeão

Victor de Freitas

2020-04-04-17-55_capabahia2001
Fonte: Divulgação

Neste sábado (24/04), Fortaleza e Bahia vão duelar em uma partida única que vale vaga na final da Copa do Nordeste de 2021. Na história, o duelo contra o time cearense na semifinal do torneio regional tem recordações positivas para o Esquadrão de Aço.

Para chegar à decisão do torneio regional, o Esquadrão de Aço precisará repetir o triunfo que conquistou sobre o mesmo Fortaleza na semifinal do Nordestão de 2001.

Há 20 anos, no dia 21 de abril de 2021, o Bahia recebeu o Fortaleza na antiga Fonte Nova e venceu por 2 a 1, com gols de Capixaba e Washington.

O elenco do Bahia era repleto de grandes jogadores. Dentre eles, os atacantes Nonato e Robgol, além de meio-campistas como Preto, Bebeto Campos e o goleiro Émerson.

Já o maior nome tricolor naquele duelo estava no banco de reservas: o técnico e mestre Evaristo de Macedo.

O lado cearense do confronto entre tricolores também contava com nomes importantes em sua equipe. O goleiro Maizena, o zagueiro Ronaldo Angelim e o atacante Clodoaldo eram os destaques.

O jogo também ficou marcado da história por o 10º com maior público já registrado na história do Nordestão: 42.437 tricolores assistiram o triunfo do Esquadrão na velha Fonte.

Escalação do Bahia: Emerson; Japinha, Jean Elias, Carlinhos e Jefferson; Preto Casagrande, Bebeto Campos, Alex Oliveira e Luís Carlos Capixaba (Mantena); Robgol (Washington) e Notato (Fábio Costa).

Após a semifinal, veio o título!

Depois de ter eliminado a equipe cearense, o Bahia encarou o Sport na decisão da Copa do Nordeste de 2001 e foi campeão.

A decisão ficou marcada por atuações memoráveis de dois dos destaques do Esquadrão naquela edição de torneio regional.

O Tricolor venceu o time pernambucano por 3 a 1, em uma Fonte Nova com mais de 65 mil tricolores. Nonato marcou dois gols e Preto Casagrande também balançou as redes com um golaço inesquecível.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.