é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Historico

Publicada em 29 de agosto de 2021 às 15h48

Bahia tem tabus para quebrar contra o Fluminense como visitante

Esquadrão tem 10 anos sem vencer o Flu fora de casa; tabu é ainda maior no Maracanã

Victor de Freitas

2011fluxbahia
Fonte: Agência Estado

Nesta segunda-feira (30), Fluminense e Bahia vão duelar em confronto válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o Esquadrão precisará quebrar alguns tabus para sair de campo com os três pontos.

Jogar contra o Flu no Rio de Janeiro não tem trazido boas recordações na história recente do Esquadrão. Até porque, são poucos os triunfos obtidos na casa do adversário.

Último triunfo como visitante diante do Fluminense

A última vez que o Bahia voltou para Salvador com três pontos na bagagem após enfrentar o Flu no Rio aconteceu em 2011.

Na ocasião, o Tricolor de Aço havia retornado à elite do futebol brasileiro, enquanto o “pó de arroz” era o atual campeão nacional.

O jogo aconteceu no estádio Engenhão, com um gol marcado pelo atacante Jobson aos 47 minutos do segundo tempo.

O Bahia atuou com: Marcelo Lomba; Jancarlos, Paulo Miranda, Titi e Ávine; Marcone, Fahel, Diones e Carlos Alberto; Jobson e Souza.

Retrospecto geral como visitante contra este adversário

O registro geral do Bahia jogando como visitante diante do Fluminense não é nada positivo para o Esquadrão.

São 23 jogos oficiais registrados até este momento, com apenas 3 triunfos (1987, 1990 e 2011), além de 14 derrotas e 6 empates.

Último triunfo contra o Fluminense no Maracanã faz mais tempo ainda

Como citado acima, vencer o Fluminense fora de casa é fato raro na história do Bahia. E vencer este adversário no Maracanã é ainda mais.

O único triunfo do Bahia sobre o Flu no Maracanã aconteceu em 1987, pela Copa União, com gol de Ronaldo Marques.

Em 1990, o triunfo por 4 a 1 aconteceu no estádio das Laranjeiras.

Lembrança positiva de 1988

Na semifinal de 88, Flu e Esquadrão se enfrentaram no Maracanã pela partida de ida da semifinal. O resultado foi de 0 a 0.

Já no duelo de volta, o Tricolor de Aço fez valer o mando de campo na Fonte Nova e triunfou por 2 a 1, avançando para a final e conquistando a segunda estrela nacional naquele mesmo ano.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.