é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 14 de julho de 2021 às 18h59

Bahia acerta retorno da centroavante Gadu até 2022

Camisa 9 foi goleadora tricolor entre 2019 e 2020

Da Redação

A centroavante Gadu está de volta ao Bahia. Artilheira tricolor no Baianão de 2019 e no Brasileirão A-2 de 2020, a jogadora acertou seu retorno após ter disputado a Série A-1 com a camisa do Real Brasília.

Gadu retorna ao elenco das Mulheres de Aço com um contrato válido até o final de junho de 2022. A confirmação do acerto foi feita pelo Esporte Clube Bahia.

Na volta ao Esquadrão, Gadu disputará a edição de 2021 do Campeonato Baiano, previsto para começar em agosto, e a segunda divisão do Campeonato Brasileiro Feminino, entre primeiro e segundo semestres de 2022.

A atacante marcou 32 gols em 15 jogos oficiais com a camisa do Bahia entre 2019 a 2020.

Em sua primeira passagem com a camisa tricolor, Gadu conquistou o título estadual e ajudou na conquista do acesso à primeira divisão do futebol feminino nacional.

Saída polêmica em fevereiro

Apesar de goleadora em todas as competições que disputou pelo Bahia, a saída da jogadora para o Real Brasília foi marcada por polêmicas e críticas de lado a lado.

Na ocasião, o anúncio feito pela atleta de que não atuaria pelo Esquadrão na Série A-1 pegou o clube de surpresa, que afirmou, por sua vez, não ter sido informado que as negociações haviam sido encerradas.

Em uma nota oficial, o Bahia disse ainda que havia sido surpreendido ao ter conhecimento de que a centroavante já pré-contrato assinado com o Real Brasília.

Pelo lado da jogadora, o posicionamento foi de que o Bahia teria demorado tanto para abrir conversas, como também para formalizar uma proposta de renovação contratual para a temporada de 2021, e que outros clubes foram mais rápidos nas tratativas.

Gadu no Brasileiro A-1

Gadu foi titular absoluta do Real Brasília durante toda a campanha do Brasileirão A-1 de 2021, atuando em todas as 15 partidas da fase de classificação.

Foram dois gols marcados pela centroavante em todo o torneio, contra Botafogo e Flamengo. A atacante, inclusive, esteve em campo na partida contra o Bahia pela 6ª rodada. A equipe de Brasília terminou em 10º lugar.

Bahia no Brasileiro A-1

Por sua vez, o Bahia foi rebaixado com 11 derrotas e quatro empates, em último lugar, com apenas oito gols marcados em toda a competição.

As atacantes Gabi Itacaré e Priscila foram as jogadoras com mais gols pelo Bahia no campeonato: dois gols cada uma.

Já a centroavante Moretti, contratada com a missão de substituir Gadu, só marcou um gol em nove jogos, perdendo espaço no time.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.