é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 13 de novembro de 2021 às 15h24

Bellintani comenta negociação com o Benfica por Germán Conti

Presidente tricolor confirma tratativas em andamento

Victor de Freitas

conti11
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia oficialmente abriu negociações para adquirir o zagueiro Germán Conti. Assim como as primeiras notícias que vieram de Portugal informavam, o Benfica recusou a primeira proposta, mas a diretoria tricolor continua buscando negociar o valor para a compra do defensor argentino.

Depois de passar alguns dias em Lisboa, onde negociava diretamente com o ex-jogador e atual presidente do Benfica, Rui Costa, o presidente tricolor, Guilherme Bellintani, comentou abertamente sobre as tratativas iniciadas.

Em entrevista ao programa Globo Esporte Bahia, Bellintani voltou a falar sobre as dificuldades financeiras pelas quais o Tricolor tem passado durante a pandemia e admitiu não ter condições de pagar o valor estipulado em contrato.

“O Bahia não tem a menor condição de exercer uma compra de 2 milhões de euros (R$ 12,5 milhões) por qualquer jogador que seja. É de conhecimento público que tivemos um déficit de R$ 50 milhões no ano passado. Sem o público, a gente perdeu uma receita de sócios, saímos de 46 mil para 14 mil. Perdemos muita receita em venda de jogador. O nosso objetivo é equilibrar as contas. Não faremos nenhuma loucura. Gosto de fazer investimentos, mas sou muito responsável com as contas do clube. Não temos condição de exercer o que está no contrato”.

Enquanto o momento é de ‘não fazer loucuras’, na opinião de Bellintani, o Benfica vê a necessidade de reaver uma parte do investimento feito na compra do jogador. Com isso, a proposta inicial tricolor foi recusada.

“Eu fui a Portugal, cheguei há uma hora de Lisboa. Foi uma primeira conversa, foi positiva, mas ainda distante de um fechamento concreto, porque o Benfica investiu 4 milhões de euros (R$ 45 milhões) na compra do jogador e quer ter algum retorno desse investimento”.

"O Benfica sabe a situação financeira do Bahia. A gente fez uma proposta dentro da realidade, mas ainda distante do que o Benfica pretende", concluiu.

Apesar da primeira oferta oficial ter sido recusada pelo clube português, Bellintani acredita que a negociação está longe de ter um desfecho.

Além dos valores, ainda não há consenso entre as partes por um modelo de negócio e a forma de pagamento que atende aos dois lados.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.