é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 06 de janeiro de 2022 às 11h43

Bellintani diz que não há dívida com Inter e explica venda de Moisés

Presidente dá detalhes sobre negociação com o Colorado pelo lateral Moisés

Victor de Freitas

bellintani69
Fonte: Rafael Machaddo / EC Bahia

O lateral Moisés está vendido para o Internacional, que notificou o Bahia de que exerceria a opção de compra conforme o prazo estipulado no contrato de empréstimo. A partir daí, surgiram informações que partiram da imprensa gaúcha de que o Esquadrão não receberia nenhum valor por “dívidas” com o Colorado.

Na entrevista coletiva realizada nesta última quarta (05), no CT Evaristo de Macedo, esse foi um dos temas questionados por jornalistas para o presidente Guilherme Bellintani.

O dirigente tricolor garantiu não existir nenhum tipo de débito do Bahia com o Inter, mas, sim, um “crédito” que o Inter passou a ter com o Bahia, proveniente de 50% dos salários do lateral Zeca e do goleiro Danilo Fernandes, emprestados pelo clube gaúcho ao Esquadrão.

“A realidade é que o Bahia não deve ao Internacional. Quando realizamos os empréstimos de Zeca e Danilo Fernandes, ficou acertado que uma parte dos salários seria paga pelo Bahia e o restante seria debitado de uma eventual compra de Moisés se ela acontecesse. Ou seja, é um encontro de contas”.

Em vez de o Internacional pagar ao Bahia, e o Bahia pagar o salário do jogador, o Inter pagou o salário do jogador e isso foi abatido para uma eventual compra (de Moisés) se ela acontecesse”.

“Como ela aconteceu, o Inter nos notificou, uma parte desse valor de R$ 3 milhões foi absorvido por uma parte desse valor que deveria ser abatido, como foi, e a outra parte será paga pelo Internacional no tempo previsto dentro do contrato”.

Houve também relatos que dão conta de que o Bahia poderia trazer um ou mais atletas do Internacional como forma de abater o valor da compra. Segundo Bellintani, também está em pauta, mas até o momento sem nenhuma negociação.

“Dentro disso, em vez de absorvermos o crédito do Internacional, a gente absorver um ou dois jogadores por empréstimo com salário pago, ou algum jogador que venha em definitivo, ainda está sendo discutido. Ainda vai ser uma pauta nossa ao longo de 2022. Se não acontecer, seremos remunerados pelo valor previsto em contrato. Mas hoje não há nenhuma pauta de negociação de jogador entre Bahia e Internacional”.

Nos últimos dias, o nome do atacante Caio Vidal surgiu como alvo do Bahia para a negociação, mas, segundo afirmação do presidente tricolor, não chegou a avançar.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.