é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 13 de novembro de 2021 às 17h14

Vitor Ferraz explica situação de Marco Antônio para 2022

Botafogo tenta manter jogador para a próxima temporada

Victor de Freitas

mantoniobotafogo
Fonte: Divulgação / Botafogo

Além de Eric Ramires, outro jogador emprestado pelo Bahia que conquistou espaço no clube para o qual foi cedido é Marco Antônio. O meia-atacante de 24 anos tem atraído interesse do Botafogo para a próxima temporada.

Em seu empréstimo à equipe botafoguense, Marco Antônio rapidamente conquistou a titularidade e é um dos grandes nomes do time carioca na luta pelo acesso e pelo título da Série B.

De acordo com o vice-presidente do Esquadrão, Vitor Ferraz, a tendência nesse momento é de que o meia-atacante retorne ao Bahia para o início da temporada de 2022.

“Tivemos algumas conversas com o empresário do atleta, e a princípio o atleta retorna ao Bahia após o empréstimo ao Botafogo para incorporar a equipe que vai disputar a próxima temporada”, disse Vitor Ferraz.

Ferraz também ressalta que uma possível venda não está descartada. Não só do meia, mas de qualquer atleta do elenco, desde que os valores sejam compatíveis com o que o clube entende como justo.

“Qualquer atleta do Bahia pode ser negociado, portanto, se chegar alguma proposta compatível com o que o atleta é avaliado no mercado pode ser negociado em definitivo”, concluiu.

Em 45 jogos disputados neste ano, Marco Antônio acumula um total de nove gols e seis assistências com a camisa alvinegra. Esse é o ano de maior regularidade da carreira do meia-atacante de 24 anos.

Pelo Bahia, entre as temporadas de 2017 até o início de 2021, foram 65 jogos disputados e lesões sucessivas que impediram um número maior de atuações. Em 2020, por exemplo, foi seu melhor ano no Esquadrão, com 27 partidas.

Interesse do Botafogo pela compra do meia-atacante

Marco Antônio foi cedido ao Botafogo com uma opção de compra estipulada em 2 milhões de euros (R$ 12,6 milhões). Coincidentemente, é o mesmo que o Benfica estipulou para o Bahia comprar Germán Conti.

Como um clube com receitas de Série B em 2021, o Botafogo entende não ter condição de arcar com o valor proposto na opção de compra.

Segundo informações da imprensa carioca, o clube alvinegro estaria tentando abaixar a pedida em pelo menos 50%.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.