é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 24 de abril de 2021 às 22h38

Matheus Teixeira brilha nos pênaltis e Bahia é finalista do Nordestão

Esquadrão vai encarar o Ceará na final

Victor de Freitas

cnefortalezaxbahia
Fonte: Rafael Machaddo / EC Bahia

O Bahia está na final da Copa do Nordeste ao eliminar o Fortaleza na noite deste sábado (24/04), na Arena Castelão. Após um empate por 0 a 0 nos 90 minutos, o Esquadrão venceu por 4 a 2 nas penalidades.

Com isso, a final da Copa do Nordeste 2021 acontecerá entre Ceará e Bahia. O jogo de ida acontecerá no dia 1º de maio, em Salvador, enquanto a volta será disputada no dia 8 de maio, em Fortaleza.

Agora, o foco tricolor é voltado para a Copa Sul-americana. Na terça-feira (27), o Esquadrão recebe o Guabirá-BOL no estádio de Pituaçu, às 19h15.

O JOGO

Jogando na Arena Castelão e com a necessidade do triunfo para avançar à final. Porém, foi o Fortaleza quem teve as primeiras chances. Wellington Paulista, em chutes de fora da área, levou perigo ao goleiro Matheus Teixeira.

A primeira etapa foi marcada por um jogo equilibrado e estudado, com as duas equipes buscando atacar pelas pontas e não sofrer com contra-golpes.

As melhores oportunidades do Esquadrão surgiram nos últimos minutos do primeiro tempo. Rossi, aos 41 minutos, acertou um forte chute que explodiu no travessão. Em bola levantada na área, o gigante Luiz Otávio subiu mais do que a defesa adversária e cabeceou com perigo nos acréscimos.

Já na segunda etapa, foi o Bahia quem tinha a bola nos pés e, assim, conseguia pisar no campo de defesa adversário. No entanto, seguia com dificuldades para invadir a área cearense.

Aos 25 minutos, Rossi voltou a ter mais uma chance para abrir o placar, mas chutou forte e para fora.

Vindo de um jogo desgastante fora do país, Dado Cavalcanti fez mudanças para oxigenar a equipe tricolor na partida.

Na reta final da partida, os dois times já pareciam mais preocupados em não levar o gol da eliminação do que partir para cima e decidir o resultado. Com isso, a decisão do classificado foi para as penalidades.

Penalidades

Gilberto, Galdezani, Rodriguinho e Conti marcaram para o Bahia. Capixaba desperdiçou sua cobrança.

Já o maior destaque fica pelas duas defesas feitas por Matheus Teixeira, substituto de Douglas na partida e que brilha em sua primeira decisão por pênaltis como profissional.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.