é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 20 de março de 2020 às 10h07

Bellintani fala sobre time sub-23 e quer retorno do Baiano após pausa

Presidente defende reestruturação do calendário estadual após paralisação por conta do coronavírus

Victor de Freitas

2020-03-20-09-51_capabellintani35
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Campeonato Baiano de 2020 está suspenso, em meio à pandemia de coronavírus. Com isso, clubes que disputam a competição já anunciaram desmanches, como a dispensa do elenco do Conquista e o fim do time sub-23 do Vitória. No Bahia, o projeto da equipe de transição não sofre nenhuma alteração sequer.

Para o presidente Guilherme Bellintani, a suspensão do Baianão impacta no calendário traçado para o time de transição em 2020, mas não altera o planejamento feito pelo clube para este elenco sub-23.

O Bahia não tem pretensão, neste momento, de mudar seus planos em relação ao time sub-23, o time B. A estruturação do time não era específica para o Campeonato Baiano, mas ele é um projeto que, já no ano passado, durou o ano inteiro. Então não faz sentido a gente interromper neste momento. Logicamente, a gente está preocupado com o calendário do futebol baiano. Estamos esperando ainda o desenvolvimento do pico da doença, entender melhor, em termos de saúde pública, como é que isso vai ficar. Para, depois, pensar no futebol e, consequentemente, no calendário. Não tenho dúvida que o calendário vai precisar de ajuste; não só o calendário nacional, mas também o calendário local. Mas, neste momento, a gente mantém nosso plano integral de ter todo o elenco do sub-23 com a gente, junto”, falou Bellintani, em entrevista à TV Bahia.

O dirigente tricolor também acredita que alguns dos atletas que atualmente estão no time de transição serão aproveitados no elenco principal no decorrer da temporada.

“Alguns deles vão ser aproveitados no profissional. Isso vai depender muito da própria avaliação da comissão técnica. Não é possível ainda afirmar quantos e quais seriam os atletas aproveitados. Mas a gente entende que o projeto tem muito ainda a prosseguir e que, por enquanto, os planos estão mantidos de permanecer com o time sub-23, completo, até a definição sobre o calendário do futebol baiano”, acrescentou.

Continuidade ou fim do Baianão 2020?

Após o vice-presidente da FBF afirmar que a continuidade do Baianão 2020 é improvável, Bellintani afirma entender a necessidade de ter cautela para pensar no assunto, mas se mostrou contrário ao encerramento do campeonato sem uma final digna.

Eu entendo que, naturalmente, o calendário vai precisar de ajustes. Faltam poucos jogos para terminar o campeonato. Muito ruim se o campeonato não acabar. Por isso defenderei, sim, que ele tenha continuidade, que ele vá até o final. Naturalmente, sabendo das limitações dos times do interior, principalmente, mas a gente sentar, conversar, ver quais são essas limitações e tentar superá-las. O Bahia entende que, com muita conversa, é possível construir, sim, um novo calendário para o futebol da Bahia, para o futebol do Brasil. Mas, naturalmente, a gente só deve se debruçar sobre isso quando entender exatamente qual é a dimensão deste novo calendário, quanto tempo a gente vai ter disponível, a partir, logicamente, das definições que estão acima disso, que são as definições de saúde pública e de interesse púbico geral no combate ao coronavírus”.

O time de transição do Bahia está invicto e lidera o Campeonato Baiano, com 15 pontos em sete rodadas.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.