é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 29 de abril de 2020 às 12h29

Bellintani projeta data de retorno aos treinamentos no CT

Presidente falou sobre possível volta aos trabalhos na Cidade Tricolor no dia 10 de maio

Victor de Freitas

2020-01-06-17-35_capabellintani34
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Os presidentes de clubes chegaram a um acordo para voltar aos trabalhos no mês de maio, inicialmente com atividades em casa, mas com expectativa de retornar aos centros de treinamentos nas próximas semanas.

Para voltar a trabalhar no CT, a CBF e os clubes criaram um protocolo especial para treinamentos presenciais, com foco na prevenção do contagio da Covid-19.

Em entrevista à Rádio Metrópole FM, o presidente Guilherme Bellintani indicou o dia 10 de maio como uma provável data de retorno aos trabalhos na Cidade Tricolor.

“No momento que a gente tiver alguma segurança para retornar, o Bahia vai sair na frente porque está fazendo um trabalho de estudo junto com a Fonte Nova, inclusive com a possibilidade de público reduzido (apenas para sócios). Mas o momento agora é de pensar nos treinos. Retornar no dia 10 de maio é uma hipótese. Mas não vou tomar nenhuma decisão sem consultar os prefeitos de Salvador, Camaçari e Dias D’Ávila – pois devemos muito respeito a eles – e nem sem consultar o governador do estado e o secretário de saúde”, explicou.

Bellintani também acredita que com o protocolo, desenvolvido por um conjunto de 120 médicos, é possível executar treinamentos com segurança nos centros de treinamentos.

“Então, a gente tem que fazer com que qualquer decisão de retorno seja muito responsável e cuidadosa. Mas, eu devo admitir que há protocolos bem avançados e prontos para serem implantados que permitem que treinos sem bola, aeróbicos e com grupo reduzido, espalhados em cinco campos da Cidade Tricolor. É possível sim fazer treino aeróbico com cinco jogadores, sem contato físico entre eles, fazendo testes em toda a sua família de forma antecipada. A gente está muito de olho nesses protocolos para tomar uma decisão em breve”.

“Essa é uma das possibilidades. Não é uma decisão tomada, pois só decidiremos conversando com as autoridades de saúde e também com governador e prefeitos que envolvem as atividades do Bahia. Então, a gente tem conversado muito com nossos médicos e os da CBF. Esse protocolo que a gente construiu junto com a CBF foi feito com mais de 120 médicos, por videoconferência, nos últimos 20 dias. Está pronto para ser implantado. Mas não tem protocolo que resolva uma situação onde a gente não sinta segurança no geral. Se a pandemia estiver descontrolada, se os leitos não estiverem folgados, se não houver nenhuma segurança, jamais decidiremos por uma volta que não seja muito bem pensada”, concluiu.

Os jogadores receberam folga no dia 1º de abril e terão esse período encerrado nesta quinta-feira (30). A partir de maio, atividades serão reiniciadas. O Bahia, no entanto, ainda não confirmou uma data e nem como fará a volta ao trabalho.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.