é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Política

Publicada em 30 de junho de 2020 às 15h27

Bellintani se reúne com Bolsonaro para tratar da Turner e MP 984

Bellintani e outros sete presidentes debatem sobre a Medida Provisória que altera as negociações por direitos de transmissão

Victor de Freitas

2020-06-30-15-18_capabolsonaroclubes
Fonte: Divulgação

Nessa terça-feira (30), o presidente tricolor, Guilherme Bellintani, viajou até Brasília para uma reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, junto com dirigentes dos clubes que possuem contrato com a Turner.

Além do Bahia, estiveram na reunião os dirigentes de Palmeiras, Ceará, Fortaleza, Santos, Athletico Paranaense, Internacional e Coritiba.

Na reunião, foram debatidos temas como a situação dos oito clubes com a Turner e também a Medida Provisória 984, que muda o formato de negociação dos direitos de transmissão no país.

Com a MP editada, o clube mandante é quem define onde o jogo será transmitido, independentemente de qual seja a emissora com quem o adversário tenha contrato.

Clubes querem que a MP tenha validade a partir de agora

Segundo o UOL, os oito clubes manifestaram que a MP já deveria passar a valer imediatamente, mesmo com contratos que obrigam que um jogo só possa ser transmitido caso a mesma emissora possua direitos de ambos os clubes.

Por outro lado, a Rede Globo já se posicionou com opinião contrária. Para a emissora carioca, deve prevalecer as regras existentes no ato da assinatura dos contratos anteriores.

Caso a MP 984 passasse a valer imediatamente, significaria que a Turner teria um total de 154 jogos para transmitir no Brasileirão – as 19 partidas como mandante de cada um dos oito clubes com quem possui contrato.

Também existe a possibilidade os mesmos clubes perderem contrato com a Turner, devido ao imbróglio judicial que deve ocorrer.

Dessa forma, os clubes ficariam sem contrato de TV fechada e poderiam negociar como preferirem seus jogos como mandante.

Sem camisa de presente

O fato curioso da imagem que circula nas redes sociais é que apenas Guilherme Bellintani e o presidente do Coritiba, Samir Namur, não levaram uma camisa de presente para o encontro.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.