é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 18 de fevereiro de 2020 às 09h25

Cerri diz que chegada de Rodriguinho mostra força do Bahia no mercado

'Rodriguinho que é um cara vivido, soube avaliar e optou por vier ao Bahia', diz o diretor de futebol tricolor

Victor de Freitas

2020-02-18-09-21_capadiegocerri32
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia oficializou e apresentou sua nova contratação para 2020. Rodriguinho chega ao Esquadrão com status de camisa 10 e de postulante a novo ídolo da nação tricolor.

Em 2019, Rodriguinho chegou ao Cruzeiro em uma operação que passou dos R$ 30 milhões, tendo sido contratado para ser o substituto de Arrascaeta, que havia deixado o clube para atuar pelo Flamengo. Porém, a crise financeira vivida pela equipe mineira fez com que o atleta rescindisse seu contrato apenas um ano depois.

Livre no vínculos, o meia de 31 anos recebeu ofertas do Bahia e de outros clubes, mas optou por assinar com o Esquadrão. Para o diretor Diego Cerri, a contratação do jogador é motivo de orgulho dentro do clube, por mostrar a força tricolor no mercado.

“É um atleta que há algum tempo nós vínhamos conversando e ele tinha vínculo com o Cruzeiro. Durante este período de conversas, procurando nos acertar, ele conseguiu resolver suas pendências com o Cruzeiro, o que possibilitou o Bahia, junto com outros clubes que vinham buscando a contratação também, e isto mostra a força do Bahia no mercado neste momento”, disse Diego Cerri.

O dirigente tricolor também falou sobre como ocorre o processo de negociação para contratações deste porte.

“A escolha do jogador pelo Bahia é algo que a gente precisa salientar, faz parte de um novo momento em que estamos vivendo e podendo concorrer, com boas condições, com clubes do sudeste, contra equipes com poder econômico maior, mas que a gente vem conseguindo chegar um pouco na frente e convencer o atleta. Mostramos o projeto, que é uma coisa que sempre conversamos, e o Rodriguinho que é um cara vivido, inteligente, com histórico grande na carreira, soube avaliar e optou por vier ao Bahia. É algo que achamos legal, que é gratificante para nós”, avalia o dirigente.

Rodriguinho assinou contrato de duas temporadas, com opção de renovação por mais um ano.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.