é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 06 de maio de 2020 às 16h46

Diretoria projeta utilização de 10 jogadores do time de transição

Dirigente lamenta fim da equipe sub-23, mas valoriza possibilidade de reforçar time principal

Victor de Freitas

2020-03-16-11-41_capasaldanha11
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O time de transição do Bahia foi encerrado em função da pandemia de coronavírus, que causa impacto nas finanças dos clubes e também no calendário do futebol nacional. A maior parte desse elenco sub-23 deixará o Esquadrão, mas uma parte será integrada ao grupo principal para a sequência do ano.

Um dos principais responsáveis pela montagem do time de transição, o diretor Diego Cerri comentou sobre a necessidade de paralisar o projeto que o clube julgava como bem sucedido.

“Eu fui um dos idealizadores desse time de transição. Nós conversamos muito internamente para que a gente pudesse aplicar um projeto consistente e nós conseguimos isso. A partir do ano passado, chegamos em terceiro lugar. E iniciamos então um novo ciclo desse trabalho, com Dado Cavalcanti. Começamos a contratar com bastante estudo e observação. Mas conseguimos contratar jovens que vinham apresentando desempenho satisfatório, até acima da expectativa que tínhamos pelo projeto. É frustrante construir todo esse processo e, de uma hora para outra, ter que brecar no meio uma iniciativa que vinha dando certo. Estava muito legal, o time jogava bem”, falou Cerri, em entrevista ao programa Jogo Aberto, da Band Bahia.

Por outro lado, o dirigente projeta a integração de 10 jogadores que eram do sub-23 junto ao elenco comandado por Roger Machado.

“Agora, muitas coisas ficam. Nem tudo está perdido. Nós devemos incorporar cerca de 10 jogadores do time de transição junto com os que vinham trabalhando com Roger a partir do momento em que fizermos a nossa reapresentação”, explicou.

Atletas como Ramon, Arthur Rezende, Ignácio, Saldanha, Yuri, Gustavo e Edson aparecem como prováveis nomes à promoção ao elenco principal.

Atletas revelados na base, como Caíque e Caio Mello, também podem permanecer para ganharem mais experiência junto ao time profissional.

Mateus Claus é um dos atletas com contrato até esse mês de maio e aguarda a definição do clube.

 

 
 
leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.