é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 28 de setembro de 2020 às 14h49

Com Bahia no Z-4, Elias diz o que é preciso para subir na tabela

Volante é apresentado e comenta sobre a situação do Esquadrão

Victor de Freitas

2020-09-28-14-03_capaelias2
Fonte: Rafael Machado / EC Bahia

O Bahia vive seu pior momento na temporada de 2020. Sem vencer há nove jogos, a equipe tricolor acumula apenas dois triunfos em 11 rodadas no Campeonato Brasileiro. O resultado disso é a última colocação.

Para tentar sair do abismo, o Esquadrão está no mercado em busca de novos jogadores para o elenco. Dois deles já chegaram e um deles foi apresentado nesta segunda-feira (29).

Integrado ao elenco desde sexta-feira, o volante Elias concedeu sua primeira entrevista coletiva e comentou sobre como vê a situação do Bahia na Série A.

Com o time em má fase, ocupando a lanterna do Brasileirão, Elias cita a necessidade de focar no trabalho para voltar ao caminho dos triunfos. Só assim a confiança poderá ser retomada.

“Pelo elenco, uma equipe muito forte, que venho acompanhando desde o ano passado, pelo trabalho do Roger. Fez um campeonato muito bom. Neste ano, perdeu um pouco a confiança. Confiança se perde muito rápido. Para você retomar a confiança, demora. É trabalhar, não tem o que fazer. Trabalhar mais, tentar se empenhar mais nos jogos, ser mais duro com a partida, e vencer. Voltar a vencer. Não tem outro jeito. Para tirar o Bahia dessa situação, é voltar a vencer os jogos”, diz o volante.

Apesar da queda de confiança e da última posição na Série A, o experiente meio-campista afirma que não é momento de desespero.

“O Campeonato Brasileiro é longo. Estamos com um terço do campeonato, tem muita coisa ainda para acontecer. Outras equipes vão ter uma fase ruim como o Bahia está tendo. Vai de a gente sair o mais rápido possível dessa situação, não deixar acumular, para que a gente possa pensar em tirar o Bahia dessa situação. Não pode deixar para pensar nisso lá no final da competição, senão não consegue. Já tem que ser na próxima partida. E é isso que a gente vai tentar colocar em prática contra o Botafogo”.

Reencontro com Mano Menezes

"Já conheço ele, sei o que ele pede. Sei as coisas que ele prioriza dentro das partidas. É passar isso para os atletas. É o início do trabalho ainda, muitos jogadores ainda não conhecem sua filosofia de trabalho. Mas, pelo fato de já ter trabalhado com ele em outros clubes, e também na Seleção, isso pode facilitar o diálogo, a conexão entra comissão, Mano e jogadores, para que a gente possa voltar a vencer no campeonato".

Informações antes de acertar com o Bahia

"A gente conversa. No futebol, todo mundo se fala. Atletas, dirigentes, comissão... Tive boas informações do clube, um clube que cresceu bastante na forma de administrar. Não tive dúvida na escolha para poder vir para o Bahia. Falei com o Mano também, me falou a respeito, de como ia jogar, tudo o mais. Ele já me conhece, então o papo com ele foi mais curto. Não tive dúvidas em escolher o Bahia".

Elias é opção para Mano Menezes na partida desta quarta-feira (30), contra o Botafogo, no Rio de Janeiro.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.