é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 18 de dezembro de 2019 às 09h54

Conheça o Nacional-PAR, adversário do Bahia na Sul-americana

Equipe é da capital paraguaia e já foi vice-campeã da Libertadores

Victor de Freitas

2019-12-18-09-32_capanacionalpar
Fonte: Divulgação

Depois de enfrentar times da Bolívia e Uruguai, nos dois últimos anos, o Bahia vai viajar ao Paraguai na primeira fase da Copa Sul-americana de 2020. O Tricolor foi sorteado para encarar o Nacional, com o jogo de volta a ser disputado na cidade de Assunção.

Fundado em 1904, o Nacional é um dos clubes mais antigos do futebol paraguaio e é conhecido por alguns apelidos, como o de “Mais querido”. Com cores azul, vermelha e branca, o clube também é apelidado de Tricolor, assim com o Esquadrão de Aço.

Ao longo de sua história, o Nacional possui nove títulos nacionais de primeira divisão e três troféus de segunda divisão.

Internacionalmente, o clube viveu o maior ano de sua história em 2014. Depois de conquistar o Torneio Apertura, em 2013, a equipe tricolor se classificou para disputar a Libertadores e foi vice-campeã.

Durante sua campanha na Libertadores de 2014, o Nacional eliminou times como Vélez Sarsfield, Arsenal de Sarandí-ARG, Defensor-URU, mas perdeu a final para o San Lorenzo.

Nacional na Sul-americana

Na Sul-americana, o histórico tricolor é semelhante ao do Bahia. Com cinco participações, o time do Paraguai tem a campanha de quartas de finais, em 2017, como seu maior feito.

Além da campanha de 2017, o time disputou a competição continental em 2011, 2013, 2015 e em 2018. Em todas estas, acabou sendo eliminado na segunda fase.

Estádio

O Club Nacional possui estádio próprio, chamado de Arsenio Erico. Porém, modesto, tem capacidade para abrigar apenas 4.434 torcedores.

Mas, em momentos de maior apelo, como na Sul-americana, a equipe manda suas aprtidas no Defensores del Chaco, tradicional estádio localizado na capital paraguaia, Assunção, com capacidade para mais de 42 mil torcedores.

Desempenho em 2019

Neste ano, o Nacional disputou um total de 46 jogos, com desempenho negativo ao final do ano. Foram 12 triunfos, 16 empates e 18 derrotas.

Ao longo do ano, Tricolor paraguaio marcou apenas 49 gols e marcou 59.

O futebol paraguaio segue o formato de disputa de dois campeonatos nacionais por ano, chamados de Torneio Apertura e Torneio Clausura.

No Apertura, o Nacional fez campanha ruim e terminou em 10º lugar (entre 12 participantes). No Clausura, o time conseguiu a 6ª colocação.

Nesta temporada, a equipe paraguaia também disputou a fase preliminar da Libertadores da América, mas foi eliminada com duas derrotas para o Delfín, do Equador.

Elenco

O elenco da equipe tricolor é formado, em sua maioria, por atletas do próprio Paraguai. Os únicos estrangeiros são o zagueiro Sema Velázquez, da Venezuela, e o meia Franco Costa, da Argentina.

Volante de 29 anos, Edgardo Orzusa conhece de perto o futebol brasileiro, por ter defendido a Chapecoense entre 2018 e o primeiro semestre de 2019. Porém, sem nenhum destaque.

Já o goleador da equipe é Leonardo Villagra, de 29 anos, que marcou seis gols no ano.

Quer 30 dias de DAZN grátis e assistir o jogo de volta do Bahia na Sul-Americana? Clique aqui e cadastre-se hoje!
leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.