é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 06 de novembro de 2020 às 14h11

Conheça o Unión Santa Fe, adversário do Bahia na Sul-americana

Sem tradição fora da Argentina, adversário tem sido uma das surpresas da Sul-americana de 2020

Victor de Freitas


Clique aqui e se inscreva no Canal ecbahiapontocom no Youtube!

2020-11-06-09-35_capaunionsantafe
Fonte: Douglas Magno / Getty Images

O Bahia vai enfrentar o Unión Santa Fe na fase de oitavas de finais da Copa Sul-americana. A equipe argentina chegou a esta etapa do torneio continental como uma das principais surpresas depois que eliminou adversários considerados como favoritos nas rodadas anteriores.

O ecbahia.com preparou um especial sobre o adversário do Bahia na próxima etapa da Sul-americana, contando a história do clube, desempenho internacional e retrospecto recente.

A História

Clube fundado há 113 anos, no dia 15 de abril de 1907, o Club Atlético Unión é sediado na cidade de Santa Fé e é conhecido como “Los Tatengues”.

Apesar de já ter ultrapassado a marca centenária e de ser um dos mais antigos do futebol argentino, o clube jamais conquistou um título nacional de grande porte.

A maior conquista da história do time alvirrubro foi a conquista da Segunda Divisón  de 1966. Além disso, em 2011 ficou com o vice-campeonato da “Série B”.

Na primeira divisão argentina, a melhor campanha aconteceu em 1979, quando foi derrotado na final para o River Plate. Além de um vice-campeonato, o time ficou em terceiro lugar em 78. Foi a melhor época.

Seu estádio é o 15 de abril, com capacidade para 23 mil pessoas.

Na última edição da SuperLiga Argentina, o Unión terminou em 16º lugar.

Histórico na Copa Sul-americana

Sem tradição fora do país, o Unión nunca chegou a disputar a etapa principal da Libertadores.

Na Sul-americana, está em sua segunda participação. No ano passado, foi eliminado pelo Independiente Del Valle logo na primeira fase.

Já em 2020, tem sido uma surpresa. Na fase inicial, eliminou o Atlético Mineiro com um triunfo por 3 a 0 em Santa Fé; em Belo Horizonte, perdeu por 2 a 0 e garantiu a classificação.

Foi um duro golpe para a temporada atleticana e resultou até na demissão do técnico venezuelano Rafael Dudamel.

Na segunda fase, foi sorteado para enfrentar o Emelec. A equipe equatoriana era tida como grande favorita para passar de fase e venceu na ida, em solo argentino, por 1 a 0.

Jogando no Equador, o Unión venceu por 2 a 1 e assegurou sua vaga para enfrentar o Bahia.

Apenas três jogos após a paralisação

Assim como a maioria do planeta, a Argentina paralisou totalmente suas atividades esportivas em março. Desde então, o Unión ficou mais de sete meses sem jogos oficiais.

O retorno do time aos gramados aconteceu justamente na Sul-americana. Isso porque o Campeonato Argentino foi reiniciado somente no final de outubro.

Por essa razão, o Unión só tem três jogos disputados desde o mês de março - um pelo Argentino e dois pela Sul-americana.

Retrospecto total em 2020

  • 14 jogos
  • 4 triunfos
  • 6 derrotas
  • 4 empates

Time titular

O elenco do Unión conta conta apenas com três jogadores estrangeiros: dois do Uruguai e um da Colômbia.

O time titular que venceu o Emelec foi:

Sebastián Moyano; Brian Blasi, Matias Nani, Claudio Corvalán e Federico Vera; Nery Leyes, Gabriel Carabajal e Javier Cabrera; Juan Manuel García, Franco Troyansky e Ezequiel Cañete. Técnico: Juan Azconzábal.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.