é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 04 de abril de 2020 às 16h48

Cruzeiro espera anunciar Régis nos próximos dias: ‘encaminhado'

Diretoria cruzeirense diz que apenas detalhes burocráticos impedem anúncio oficial

Victor de Freitas

2020-01-29-08-38_caparegis27
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O meia Régis deve deixar o Bahia para vestir a camisa do Cruzeiro após o período de paralisação no futebol, em decorrência do coronavírus.

Nesta semana, o presidente Guilherme Bellintani confirmou haver negociações em andamento para tratar do empréstimo do jogador tricolor ao clube mineiro. Contudo, também disse que as conversas estão caminhando sem pressa.

Mas, segundo a diretoria do próprio Cruzeiro, o acordo está cada vez mais quente, restando apenas a chegada do jogador ao clube celeste.

Avançou bem e agora aguardamos os detalhes burocráticos para, só depois, anunciar”, confirmou Carlos Ferreira, interlocutor do departamento de futebol.

Antes, o diretor de futebol, Ricardo Drubscky, havia confirmado a proximidade do acerto.

A negociação está bem encaminhada. Se eu tiver os trâmites dos documentos já resolvidos, a gente pode anunciar logo logo”, disse, à Rádio Itatiaia.

Caso o acerto entre Bahia e Cruzeiro seja concretizado, o contrato passará a valer apenas no dia 1º de maio, com validade até 31 de dezembro deste ano. O Bahia arcará com parte dos salários.

O contrato também aponta que, se o Cruzeiro conquistar o acesso para a primeira divisão, o vínculo do atleta será prorrogado por mais um ano com a equipe mineira. Por sua vez, o Bahia ficaria apenas com um percentual do jogador.

Aval de Enderson Moreira

Técnico do Bahia entre 2018 e 2019, o técnico Enderson Moreira foi contratado pelo Cruzeiro no mês passado e deu o aval para a contratação de Régis.

Quando trabalhou com Régis, no Bahia, em 2018, Enderson tinha o meio-campista como um “jogador de segundo tempo”. Ou seja, ele sempre entrava na segunda etapa. Vinícius costumava atuar como titular.

Com a iminente saída de Régis, o Bahia ficará com Rodriguinho, Daniel e Arthur Rezende como jogadores de armação de jogadas. Além deles, Élber tem atuado na posição central do meio-campo.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.