é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Historico

Publicada em 19 de maio de 2015 às 09h20

Ex-diretor de MGF perde ação contra o Esquadrão

Da Redação

Foi o terceiro ´triunfo´ do Bahia na Justiça. Alvo de ações trabalhistas envolvendo ex-diretores do clube, destituídos juntamente com o ex-presidente Marcelo Guimarães Filho, em 2013, o clube saiu vencedor da primeira batalha judicial envolvendo uma ação protocolada por Tiago Cintra, que ocupou os cargos de vice-presidente financeiro e vice-presidente de esportes amadores. Na ação, o Esporte Clube Bahia é acusado de não cumprir com as obrigações financeiras quanto ao 13º salário, férias, verbas rescisórias e também o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS. O juiz da 9ª Vara Trabalhista de Salvador, localizada no Comércio, julgou improcedente os pedidos realizados pelo autor. No entanto, os advogados do ex-membro da diretoria do Bahia já entraram com recurso para reverter a decisão que, de acordo com o Bahia, foi baseada na possível irregularidade de Tiago Cintra nos cargos. Ele, assim com o ex-diretor de marketing Sasha Mamede, teria sido promovido ao cargo vice-presidente sem o consentimento do conselho deliberativo, ato que não condiz com o estatuto responsável pelo regimento interno da agremiação.

Bahia Notícias

Leia Também
Bahia consegue novo triunfo na Justiça do Trabalho
Ex-diretor adm-financeiro pede "bichos" na Justiça
Com pedra na vesícula, Tchô passará por cirurgia
Bahia desmente negociação com goleiro da Série C

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.