é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 28 de março de 2020 às 18h05

Ex-técnico do Bahia está infectado com o coronavírus

Treinador de 67 anos contou sobre sintomas e período de isolamento em casa

Victor de Freitas

2020-03-28-18-02_renesimoes2011
Fonte: Divulgação

Técnico do Bahia durante a temporada de 2011, René Simões anunciou que está infectado com o novo coronavírus.

Aos 67 anos, o ex-treinador do Esquadrão faz parte do grupo de risco da doença Covid-19. Através de seu perfil oficial no Instagram, confirmou a infecção e afirmou estar isolado desde que começou a sentir os sintomas.

“Desde o dia 15, eu tive muita dor de cabeça, garganta começou a inflamar e eu tive uma pequena febre, 37,4°. Resolvi dar um pulo no hospital. Sei que não é para ir logo ao hospital, mas eu sou do grupo de risco. O médico fez o teste, mas o resultado demora cinco dias para sair. Voltei para casa e fiquei em quarentena. Fiquei isolado, em 'cativeiro' no meu quarto, avisei a minha mulher: 'agora, você e minha filha ficam do lado de fora e não entrem mais no quarto'", contou, em entrevista ao UOL Esporte.

René também falou sobre as dificuldades causadas pela doença, sobretudo pela necessidade de isolamento total dentro de sua própria casa.

“Tem que arrumar um equilíbrio mental muito forte. E só 12 dias depois eu recebi o resultado, foi positivo. Os médicos me ligavam sempre no hospital e eu falei que estava ótimo. Eu fiquei no cativeiro aqui. O segredo foi o dia seguinte ao hospital, quando eu acordei eu pensei: 'vou ficar na cama, mas tenho que levantar, não vai resolver ficar todo esse tempo na cama'. Eu criei uma rotina de arrumar minha cama sempre. Todos os dias eu organizei tudo para a minha mente ficar arrumada também".

Isolado desde o dia 16 de março, o treinador atualmente sem clube está próximo de ser “resgatado do cativeiro”, por não ter tido um quadro grave e nem a necessidade de internação. Contudo, alerta para a importância de seguir tomando cuidados mesmo após ser considerado como um paciente curado.

“O meu sequestrador, que é o Coronavírus, estabeleceu um regaste de 14 dias. Amanhã vence e vou poder ficar ao lado da minha família. Mas mesmo assim tenho que continuar sendo responsável, porque mesmo que não pegue mais a doença, eu posso ser um transmissor. Eu acabei não sentindo os sintomas graves, mas o que vivemos é grave”.

René Simões no Bahia

A passagem mais recente do técnico pelo Bahia aconteceu entre os meses de abril a setembro de 2011, com um total de 24 partidas à frente do time tricolor, com seis triunfos, nove empates e nove derrotas.

Na época, o treinador foi elogiado por ter encontrado um padrão tático para a equipe, porém criticado pelo número excessivo de empates na Série A daquele ano.

Já sua primeira passagem pelo Esquadrão de Aço aconteceu em 1989.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.