é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 01 de julho de 2019 às 13h09

Gilberto avalia intertemporada e fala sobre duelo com o Grêmio

Gilberto avalia período de treinos e fala sobre duelo com o Grêmio

Victor de Freitas

2019-07-01-12-45_capagilberto103
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A segunda-feira (1º) está sendo de trabalho no Fazendão. Na sala de imprensa, foi o atacante Gilberto quem concedeu entrevista coletiva e avaliou o período de intertemporada no CT.

No início da segunda semana de trabalho intenso, com foco na sequência da temporada, Gilberto avalia a pausa nas competições como fator fundamental para manter o nível de atuações após um semestre cheio.

“Analisando o ponto físico, porque nossa equipe foi a que mais jogou, a parada era importante. Pela sequência que vínhamos, pelo nível, poderia continuar um pouco mais para embalar de vez”, falou o camisa 9 tricolor.

Assim como a pausa tem o lado positivo para o elenco tricolor, também é aproveitada pelo Grêmio para recuperar jogadores que estavam lesionados. O artilheiro do Bahia falou sobre o que espera dos jogos contra a equipe gaúcha na Copa do Brasil.

“Acho que vai ser ainda mais difícil. Eles têm jogadores que estão voltando de lesão e que vão dar uma qualidade maior ao elenco. São jogadores que a gente tem que ficar esperto. Maicon dá uma posse de bola fantástica para o Grêmio. Cebolinha a gente está vendo na Copa América que precisa ser marcado. Luan, para mim, é um dos craques que o Brasil produziu. Por isso que estou falando que a gente tem que se exigir um pouco mais”, disse o atacante.

Elenco após saídas

“Se o Douglas e o Paulinho tiveram oportunidade de sair foi porque nosso time produziu algo tão bom que as equipes de fora estão olhando para cá. Importante agora o grupo se fortalecer, buscar a melhor qualificação com aqueles que estão aqui. Ramires voltou, essa parada foi boa para ele também porque ele vinha sem férias. Creio que ele vai evoluir bastante. Temos Flávio, temos Yuri. Claro que a diretoria pensa em reforçar”.

Sem interesse em sair do Bahia

“Eu não recebi ligação nenhuma. Eu liguei para o meu empresário, falei que o Diego estava me pressionando, perguntei o que é que tinha. Ele disse que não tinha nada. Eu não tenho interesse em sair”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.