é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 20 de novembro de 2020 às 22h44

Mano assume responsabilidade por erros táticos e goleada sofrida

"Quando uma equipe inteira joga mal, é de responsabilidade do técnico", diz Mano

Victor de Freitas


Clique aqui e se inscreva no Canal ecbahiapontocom no Youtube!

2020-10-27-17-22_capamano26
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia sofreu uma goleada por 4 a 0 na noite desta sexta-feira (20), diante do Red Bull Bragantino. O placar gera insatisfação por parte da torcida e é lamentado pelo técnico Mano Menezes.

Em entrevista coletiva pós-jogo, o treinador do Esquadrão afirmou preocupação pela forma como a derrota aconteceu.

“Primeiro, me preocupa a forma como perdemos. No futebol não se ganha sempre, fazia tempo que a gente vinha vencendo jogos e em alguma hora dessas a gente iria voltar a perder, porque em um campeonato difícil como esse você também perde. Perder não é bom, mas em um dia em que nada deu certo, tivemos dificuldades, o adversário foi superior, a gente tem que ser maduro para não ser derrotado com um placar da maneira como fomos derrotados. Essa é uma coisa que não agrada ninguém”, disse o técnico.

No entanto, Mano Menezes assumiu a culpa pelos erros táticos que culminaram em um desempenho abaixo do esperado. Ele admite também não ter conseguido reverter a situação durante a partida.

“Eu disse aos jogadores no vestiário e vou dizer publicamente. Quando uma equipe inteira joga mal, e a gente não tem um jogador do Bahia para dizer que jogou bem, isso é de responsabilidade do técnico. Não existe todos estarem em uma noite infeliz. Tivemos problemas táticos, não conseguimos entender o jogo da forma como queríamos. Ou quando entendemos, não conseguimos executar bem. Então, vou tratar esse jogo como uma exceção que temos que apagar logo na terça-feira”.

“A equipe toda foi mal e a responsabilidade é minha, porque o jogo foi pensado por mim e pela minha comissão técnica. E não conseguimos fazer frente nunca à equipe do Red Bull Bragantino. E quando não se consegue fazer dessa forma, com tamanha ineficiência, não consegue chegar na frente, tem dificuldades na marcação, é porque a gente não entendeu direito o jogo. E essa é responsabilidade do técnico”.

Rodriguinho e Elias como titulares

“Não vamos recair sobre análises individuais, não acho justo com nenhum jogador. Perdemos como equipe, fomos envolvidos como equipe, e essa derrota que temos que levar e assimilar por mais dura que ela seja”.

Erros defensivos e apatia no meio-campo

“Fomos envolvidos pelo entendimento do jogo, nas questões táticas. Quase nunca saímos com qualidade, porque o adversário nos apertou e nos induziu aos erros. E esse número de erros altos nos custou a derrota e da forma como foi”.

O Bahia volta a campo na terça-feira, contra o Union Santa Fe-ARG, pela Sul-americana. A partida vai acontecer na Fonte Nova.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.