é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 28 de junho de 2019 às 17h11

Médico do Bahia explica situação física de Ernando

Zagueiro segue sem data para voltar a treinar em meio à tratamento de uma hérnia de disco

Victor de Freitas

2019-06-28-17-08_caparodrigodaniel
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Autor do gol que selou a classificação do Bahia diante do São Paulo, na Copa do Brasil, o zagueiro Ernando vinha sendo titular absoluto desde a lesão de Jackson. Entretanto, um problema clínico tem afastado o jogador dos gramados.

Longe dos treinamentos com bola desde o final do mês de maio, Ernando está em tratamento para se recuperar de uma hérnia de disco.

A opção feita pelo departamento médico do clube foi por um tratamento conservador, sem a necessidade de cirurgia. Em processo de recuperação, o defensor ainda não tem data para voltar a trabalhar com o elenco, como explicou o médico tricolor, Rodrigo Daniel, em entrevista coletiva.

“Ernando sentiu um quadro de dor lombar, irradiando para a perna esquerda, na véspera do jogo contra o Inter. Imediatamente, eu fiz um exame físico e suspeitamos de uma hérnia de disco, que foi confirmada após a realização de uma ressonância magnética. Imediatamente, iniciamos tratamento ainda lá em Porto Alegre. A evolução dele é muito boa. Já se vão mais ou menos 15 dias do início do tratamento. Nossa programação é de repetir esse exame na próxima semana para tentar dar seguimento a esse tratamento e tentar evoluir, aumentar a intensidade dos exercícios. Em relação à previsão de retorno, a gente não tem como firmar uma data, porque a evolução de hérnia de disco é muito imprevisível. A gente sabe que, na grande maioria, a evolução é satisfatória com tratamento conservador. E é nisso que a gente está se apoiando”, explicou o médico tricolor.

Importância do período de descanso

O médico do Esquadrão também citou a importância do descanso concedido aos jogadores por dez dias e valorizou também o período de intertemporada.

“Esses 10 dias foram muito importantes para eles terem um descanso, porque foram muitos jogos. Nós somos um dos times que mais joga, que mais jogou nos primeiros meses do ano. E o segredo do sucesso atual do Bahia é o tratamento multidisciplinar, que a gente faz nos atletas. A gente consegue conversar e se entender muito bem, os departamentos. E a gente está conseguindo ver os frutos, porque, no momento, o nosso DM tem apenas um jogador

Rodrigo Daniel também avaliou a situação de outros jogadores do elenco tricolor, como o volante Gregore e o atacante Élber.

Gregore

Titular absoluto do meio-campo, Gregore virou desfalque no treinamento com bola desta sexta-feira, no Fazendão. A situação do meio-campista, no entanto, é por precaução.

“Hoje Gregore é poupado por conta de um desconforto muscular muito leve. Mas é apenas uma precaução. Amanhã de manhã eu vou reavaliar e acho que a tendência é que ele volte às atividades normalmente”.

Élber

“Élber é um atleta que é difícil até falar dessa situação depois de uma explanação tão boa como a de Maurício ontem. Mas, pelas suas características de explosão, de muita força, às vezes ele fica mais propenso a ter lesões. No momento, ele está assintomático. Ele veio de uma lesão leve na musculatura posterior da coxa. Está treinando normalmente. Ontem, no turno vespertino, foi poupado, mas foi uma opção da nossa fisiologia e do nosso preparador físico”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.