é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 22 de janeiro de 2020 às 23h27

Time de transição empata na estreia do Campeonato Baiano

Equipe de Dado Cavalcanti marca gol de pênalti em empate com a Juazeirense

Victor de Freitas

2020-01-22-23-00_capajuazeirensexbahia2020
Fonte: Divulgação / EC Bahia

Na noite desta quarta-feira (22), o Bahia deu o pontapé inicial para a temporada de 2020. Pela primeira rodada do Baianão, a equipe de transição tricolor empatou em 1 a 1 com a Juazeirense.

Após empatar na abertura do Estadual, a equipe sub-23 voltará a campo no domingo (26), contra o Conquista, em Pituaçu. Mas, antes disso, o time principal visitará o Santa Cruz pela Copa do Nordeste. O jogo será no sábado (25).

O JOGO

Vindo de quatro amistosos de pré-temporada, o time tricolor iniciou a partida buscando o ataque. Aos sete minutos, Gabriel Esteves finalizou pela primeira vez para o Esquadrão, mas sem a direção do gol.

Com dificuldades para trocar passes no gramado do Adauto Moraes, o Bahia finalizou novamente a partir de uma bola aérea, que partiu de um cruzamento de Mayk e terminou na cabeçada do atacante Saldanha. Porém, a bola parou nas mãos do goleiro adversário.

A grande chance do primeiro tempo, no entanto, foi desperdiçada pelo lateral-direito Willean Lepo. Após contra-ataque, o camisa 2 tricolor apareceu livre de marcação, de frente para o arqueiro rival, mas tentou o drible e perdeu o gol.

Com apenas um minuto de bola rolando na segunda etapa, foi a Juazeirense quem abriu o placar. Jhonata aproveitou bola que sobrou após uma saída confusa do goleiro Fernando e um desvio nas costas de Caio Mello.

Aos 12 minutos, o Esquadrão chegou ao gol de empate. Saldanha sofreu pênalti e o volante Ramon, um dos estreantes da noite, converteu a penalidade.

Com o placar novamente empatado, o time tricolor tentou novamente uma postura ofensiva, mas seguia esbarrando na falta de criatividade do meio-campo e na marcação sofrida pelos pontas.

Por outro lado, a Juazeirense foi quem criou as melhores chances para marcar o segundo gol. Em uma de suas chegadas, o time do interior acertou a trave e, em outro lance, a defesa tricolor precisou afastar a bola em cima da linha.

Nos acréscimos do jogo, o Cancão de Fogo seguiu dando trabalho ao goleiro Fernando. O zagueiro Anderson, estreante e capitão do time, ainda foi expulso antes do fim da partida.

Quer 30 dias de DAZN grátis e assistir o jogo de volta do Bahia na Sul-Americana? Clique aqui e cadastre-se hoje!
leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.