é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Política

Publicada em 03 de maio de 2021 às 16h12

Bellintani afirma ter emprestado R$ 1 milhão ao Bahia em 2020

Valor emprestado pelo próprio presidente serviu para pagamento de salários

Victor de Freitas

O presidente Guilherme Bellintani, revelou ter feito um empréstimo sem juros ao Bahia durante o período mais crítico da pandemia para o clube. A revelação foi feita pelo dirigente durante assembleia geral com sócios na última sexta-feira.

Durante a reunião, Bellintani afirmou que o empréstimo feito foi de R$ 1 milhão com o intuito de ajudar no pagamento de salários no segundo trimestre de 2020.

O dirigente garante não cobrado juros e nem sequer reposição de valores que iriam render no banco caso o dinheiro permanecesse investido.

“No momento mais difícil da pandemia, quando não tínhamos dinheiro sequer para pagar o salário de quem ganha um salário mínimo, precisamos de uma doação atípica. Isso foi feito por mim. Eu aportei do meu recurso individual, isso é bom estar transparente, fiz um aporte de R$ 1 milhão, um empréstimo sem juros, sem nenhum tipo de remuneração sobre esse empréstimo, sequer houve reposição financeira do CDI, do dinheiro que perdi de remuneração do banco”.

Bellintani diz que o empréstimo foi feito por escolha individual, tendo em vista que havia salários atrasados até mesmo para os funcionários que recebiam as menores remunerações do clube.

“Fiz isso no momento em que precisávamos garantir o pagamento dos funcionários de salário mínimo, que já estava com uma semana de atraso. Por escolha individual, decidi, combinando com Vitor (Ferraz), dando ciência ao Conselho Fiscal, que faria esse empréstimo, que já foi pago, sem juros ou remuneração financeira”.

O valor foi reembolsado assim que o clube se recuperou financeiramente.

“Quando o clube começou a se recuperar, eu tive esse reembolso. Mas entendi que seria mais prudente e razoável que o clube recebesse empréstimo do próprio presidente, sem juros ou operação que custasse ao clube, do que ir ao mercado para buscar isso com juros e dificuldade de obtenção de crédito naquele momento. Consegui dormir com a consciência mais tranquila quando fiz esse empréstimo, e conseguimos quitar os salários dos funcionários que ganham um a dois salários mínimos”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.