é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Eleições: ecbahia.com entrevista candidato à presidência Jailson Baraúna

Notícia
Política
Publicada em 1 de dezembro de 2023 às 09:29 por Victor de Freitas

chapabarauna2
Fonte: Divulgação

O futuro presidente da associação Esporte Clube Bahia será conhecido no próximo sábado (2), com a eleição dos representantes da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo para o triênio 2024-2026.

Em mais uma cobertura da era democrática tricolor, o ecbahia.com abriu espaço para todos os cinco candidatos à cadeira de presidente em entrevistas na reta decisiva da campanha eleitoral.

O candidato da vez é Jailson Baraúna, famoso como radialista de longa trajetória na cobertura do esporte baiano.

Baraúna forma a chapa Um Novo Bahêa com Raimundo Nonato como candidato à vice-presidência. Seu número é o 79.

Leia a entrevista completa:

1) ecbahia.com: Com a chegada do Bahia SAF, o Bahia separou também toda a área de Comunicação, incluindo site e redes sociais. Quais são suas propostas para engajar novamente o torcedor e sócio com a Associação Esporte Clube Bahia?

Jailson Baraúna: “É buscar desenvolver uma comunicação direta e voltadda pro torcedor, temos como recuperar o dialogo cotidiano com o torcedor, infelizmente distanciaram o clube a instiuiçao do seu principal fomentador, mas teremos e saberemos caminhar para restabelecer com brevidade, não a comunicação, como também a credibilidade junto ao torcedor. Reestabelecer o plano de sócio como uma ferrramenta de relaçao e beneficios, instituir ações que tragam o torcedor mais pra proximo da Associação.  ”.

2) ecbahia.com: Pretende sugerir mudança no formato e valor do atual plano de sócios da Associação? Se sim, poderia dar detalhes da proposta?

Jailson Baraúna: “É muito prematura essa afirmação. Antes de qualquer majoração dos valores, penso de devemos ter entregas que justifiquem tal ação, acrescer apenas como viés de investimento ou de estabelecer uma receita há mais, não faz o menor sentido e não se justifica”.

3) ecbahia.com: Quais suas propostas para crescer o número de sócios, sem o atrativo direto do futebol e do acesso ao estádio, que ficaram com a SAF?

Jailson Baraúna: “Temos uma noção clara que mesmo perdendo o “futebol”, não perdemos a vida, a Associação pulsa forte e altiva, e sob um novo olhar, temos diversas possibilidades de atuação, e buscaremos escolher as melhores tanto desportiva podendo ser o basquete, boxe, vôlei, natação dentre outras, bem como na area do cuidado e zelo com o nosso sócio e torcedor”.

4) ecbahia.com: No seu plano já existe um esporte prioritário para implementar na associação? Qual e por quê?

Jailson Baraúna: “Pensamos priemeiramente no Basquete e boxe, por termos uma relação mais proxima com ambos, termos custos estimados a mão e por ambos terem tanto a estrutura comercial e de exposição de marca que achamos ideias para o momento desse Novo Baêa”.

5) ecbahia.com: Sabendo que o futebol é controlado pelo Grupo City, o que de prático você pretende fazer como presidente da Associação em relação ao futebol, além de fiscalizar e cobrar o cumprimento do contrato?

Jailson Baraúna: “Há um equívoco grande por parte de todos, a fiscalização é um ato de todos, mas principalmente compete ao Conselho Fiscal tal função, e temos um Conselheiro eleito somente para isso. Ao presidente cabe estar como membro ativo do Conselho de adminsitração, mesmo sabendo que o futebol tem as diretrizes e determinações vindas da cultura e das pessoas do grupo City, nada e nem o contrato determina que tenhamos de ser omissos, figuras decorativas ou apenas coninventes com tudo, se assim fosse qual o sentido de ter um assento no conselho de administração?

Portanto, devemos propor, conversar, servir de interlocutor numa construção de caminhada do CFG dentro do nosso país e com as instituições locais”. 

6) ecbahia.com: O setor de e-sports movimentará cerca de R$ 13bi no Brasil em 2026. Existe algum plano concreto no seu programa de gestão para este setor? Poderia explicar, caso positivo?

Jailson Baraúna: “Existe sim, mas será tratado com o devido carinho e respeito, a partir do segundo semestre, quando já disporemos de todos os dados da Associação, iremos promover um grande estudo, para definir o melhor plano de negócios e a melhor atuação do clube, afim de evitar gastos desnecessários e que não tragam o retorno esperado”.

7) ecbahia.com: O Bahia já tem Herbert Conceição como embaixador, um atleta olímpico, baiano e tricolor. É possível esperar que o Bahia apoie e seja representado por mais atletas na Olimpíada da França?

Jailson Baraúna: “Essa é a nossa ideia, ampliar a participação do Bahia dentro do contexto olímpico, busca por novos talentos e também na disputa de grandes competições”. 

8) ecbahia.com: Ao longo do ano de 2023 houve uma tentativa de parceria com o Yatch Club, que, por falha de comunicação ou não, recebeu críticas de ambos os lados. Você tem intenção de fazer alguma parceria com algum clube para que os sócios possam frequentar? Ou acha viável e pretende construir um próprio para o Bahia?

Jailson Baraúna: “Falar em construir agora seria de minha parte uma grande irresponsabilidade, pois com o orcçamento que temos não dá pra fomentar essa ação agora, mas temos a intenção de deixar pavimentada a construção do Centro de Formação de Atletas do Esquadrão, um lugar onde podemos descobrir, treinar e formar novos ídolos, atletas e cidadãos. Além disso, estamos em conversas, para através de parceria utilizarmos do espaço de um grande clube social da cidade”.

9) ecbahia.com: Caso não seja eleito, você aceitaria apoiar e/ou ajudar o candidato eleito, caso seja convidado?

Jailson Baraúna: “O Bahia é muito maior do que eu, seria soberba demais achar que somente minha candidatura é perfeita, posso e acho que teremos muita coisa boa a fazer e implementar, mas sempre o bem estar maior será do clube, será de todos, nunca exclusivamente meu”.

10) ecbahia.com: Baseado em toda a campanha, debates e entrevistas já realizados, por que o sócio indeciso deveria escolher você e sua chapa em vez da dos concorrentes?

Jailson Baraúna: “Porque represento o povo dessa cidade, em todas as suas nuances e virtudes, por conhecer há muito tempo esse clube tanto do ponto de vista histórico, desportivo e político. Por conhecer a torcida e fazer verdadeiramente parte dela, e principalmente por ter me preparado ao longo dos anos para ser seu representante. Tenho credenciais suficientes para fazer do nosso clube um protagonista no cenário esportivo nacional e um clube onde o torcedor possa ter orgulho de torcer”.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras